Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2011
Autor(a) principal: Costa, Evaldo Lima da [UNESP]
Orientador(a): Não Informado pela instituição
Banca de defesa: Não Informado pela instituição
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Programa de Pós-Graduação: Não Informado pela instituição
Departamento: Não Informado pela instituição
País: Não Informado pela instituição
Palavras-chave em Português:
Link de acesso: http://hdl.handle.net/11449/99210
Resumo: A análise da evolução e principais características dos nascimentos no Brasil no período de 2000 a 2007 evidencia que mulheres com idade de 15 a 19 anos, no momento do parto, respondem por 20% dos nascimentos no país. Estudos indicam que a gravidez na adolescência, etapa da vida de 10 a 19 anos, está associada a eventos adversos no recém- -nascido como baixo peso, prematuridade e comprometimento das condições de vitalidade ao nascimento. Dois objetivos foram definidos: 1.Revisar a ocorrência de partos prematuros e de baixo peso ao nascer com a gravidez em adolescentes e sua condição socioeconômica e cultural. Analisar os nascimentos, descrevendo-os segundo características da gestação, do parto e do recém-nascido. Dois trabalhos foram realizados para responder os objetivos. O primeiro compreende um artigo de revisão de um levantamento bibliográfico onde foram identificados textos que abordam assunto e o segundo um artigo original. Neste trabalho foram analisadas 24.800 declarações de nascidos vivos, correspondentes aos partos hospitalares ocorridos no Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), no período de 1º de janeiro de 2006 a 31 de dezembro de 2009. As faixas etárias maternas foram estratificadas em: adolescente precoce, idade entre 10 a 14 anos; adolescente tardia, idade de 15 a 19 anos e adultas jovens, de 20 a 35 anos. Foi utilizando o programa estatístico SPSS versão 17.0 e aplicado o Qui-quadrado de Pearson com significância de 5 %. Rocha et al apuraram que a ocorrência de baixo peso logo após o nascimento no grupo de gestantes precoces foi muito maior (13,5%) em relação ao grupo de gestantes tardias (3,1%); identificaram no seu estudo que 91,3% das gestantes precoces possuíam somente o ensino fundamental, enquanto que as gestantes tardias representavam 55,5%. Ainda nessa pesquisa...
id UNSP_58da497bdea878ad89dba2ffb7b91594
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/99210
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str
spelling Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito FederalGravidez na adolescênciaRecem-nascidos - Peso baixoRecem-nascidos - DoençasInfants (Newborn) - DiseasesTeenage pregnanciesA análise da evolução e principais características dos nascimentos no Brasil no período de 2000 a 2007 evidencia que mulheres com idade de 15 a 19 anos, no momento do parto, respondem por 20% dos nascimentos no país. Estudos indicam que a gravidez na adolescência, etapa da vida de 10 a 19 anos, está associada a eventos adversos no recém- -nascido como baixo peso, prematuridade e comprometimento das condições de vitalidade ao nascimento. Dois objetivos foram definidos: 1.Revisar a ocorrência de partos prematuros e de baixo peso ao nascer com a gravidez em adolescentes e sua condição socioeconômica e cultural. Analisar os nascimentos, descrevendo-os segundo características da gestação, do parto e do recém-nascido. Dois trabalhos foram realizados para responder os objetivos. O primeiro compreende um artigo de revisão de um levantamento bibliográfico onde foram identificados textos que abordam assunto e o segundo um artigo original. Neste trabalho foram analisadas 24.800 declarações de nascidos vivos, correspondentes aos partos hospitalares ocorridos no Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), no período de 1º de janeiro de 2006 a 31 de dezembro de 2009. As faixas etárias maternas foram estratificadas em: adolescente precoce, idade entre 10 a 14 anos; adolescente tardia, idade de 15 a 19 anos e adultas jovens, de 20 a 35 anos. Foi utilizando o programa estatístico SPSS versão 17.0 e aplicado o Qui-quadrado de Pearson com significância de 5 %. Rocha et al apuraram que a ocorrência de baixo peso logo após o nascimento no grupo de gestantes precoces foi muito maior (13,5%) em relação ao grupo de gestantes tardias (3,1%); identificaram no seu estudo que 91,3% das gestantes precoces possuíam somente o ensino fundamental, enquanto que as gestantes tardias representavam 55,5%. Ainda nessa pesquisa...An analysis of the development and main characteristics of births in Brazil from 2000 to 2007 suggests that women aged 15 to 19 at childbearing represent 20% of births in this country. Studies have demonstrated that pregnancy among teenagers, a stage of life between the ages of 13 and 19, is associated with adverse birth outcomes such as low-birth weight, prematurity and compromised vitality conditions at birth. Two objectives were defined:To revise the incidence of preterm births and low-birth weight in teenage pregnant mothers and their socioeconomic and cultural condition. To analyse the births, describing them according to pregnancy, delivery and newborn infant characteristics. Two studies were carried out to meet the objectives. The first one is a review article based on reference materials in which article s related to the topic were identified, and the second one, the original article. In the present study, we analysed 24.8000 declarations of live births corresponding to hospital births at the Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), from January 1, 2006, to December 31, 2009. The mother age groups were stratified in: precocious adolescent, aged between 10 to 14; late adolescent, between 15 to 19; and young adult, between 20 to 35. We used the statistical program SPSS version 17.0 and applied the Chi-square Pearson with 5% level of significance. Rocha et al concluded that the incidence of low-birth weight in the group of precocious pregnant adolescents was much higher (13.5%) if compared to the group of late pregnant adolescents (3.1%); it was also showed that 91.3% of precocious pregnant adolescents had just basic schooling while in the late pregnant adolescents, 55.5%. Still in this study it has been showed that 37.5% of precocious pregnant adolescents had poor prenatal care, having fewer than 07 visits... (Complete abstract click electronic access below)Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (FEPECS)Universidade Estadual Paulista (Unesp)Dias, Adriano [UNESP]Sena, Maria Cristina Ferreira [UNESP]Universidade Estadual Paulista (Unesp)Costa, Evaldo Lima da [UNESP]2014-06-11T19:29:51Z2014-06-11T19:29:51Z2011info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis50 f.application/pdfCOSTA, Evaldo Lima da. Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal. 2011. 50 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2011.http://hdl.handle.net/11449/99210000687686costa_el_me_botfm.pdf33004064077P229668464060628360000-0001-6895-372XAlephreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESPporinfo:eu-repo/semantics/openAccess2023-12-24T06:16:19Zoai:repositorio.unesp.br:11449/99210Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462023-12-24T06:16:19Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.none.fl_str_mv Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
title Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
spellingShingle Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
Costa, Evaldo Lima da [UNESP]
Gravidez na adolescência
Recem-nascidos - Peso baixo
Recem-nascidos - Doenças
Infants (Newborn) - Diseases
Teenage pregnancies
title_short Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
title_full Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
title_fullStr Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
title_full_unstemmed Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
title_sort Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal
author Costa, Evaldo Lima da [UNESP]
author_facet Costa, Evaldo Lima da [UNESP]
author_role author
dc.contributor.none.fl_str_mv Dias, Adriano [UNESP]
Sena, Maria Cristina Ferreira [UNESP]
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.author.fl_str_mv Costa, Evaldo Lima da [UNESP]
dc.subject.por.fl_str_mv Gravidez na adolescência
Recem-nascidos - Peso baixo
Recem-nascidos - Doenças
Infants (Newborn) - Diseases
Teenage pregnancies
topic Gravidez na adolescência
Recem-nascidos - Peso baixo
Recem-nascidos - Doenças
Infants (Newborn) - Diseases
Teenage pregnancies
description A análise da evolução e principais características dos nascimentos no Brasil no período de 2000 a 2007 evidencia que mulheres com idade de 15 a 19 anos, no momento do parto, respondem por 20% dos nascimentos no país. Estudos indicam que a gravidez na adolescência, etapa da vida de 10 a 19 anos, está associada a eventos adversos no recém- -nascido como baixo peso, prematuridade e comprometimento das condições de vitalidade ao nascimento. Dois objetivos foram definidos: 1.Revisar a ocorrência de partos prematuros e de baixo peso ao nascer com a gravidez em adolescentes e sua condição socioeconômica e cultural. Analisar os nascimentos, descrevendo-os segundo características da gestação, do parto e do recém-nascido. Dois trabalhos foram realizados para responder os objetivos. O primeiro compreende um artigo de revisão de um levantamento bibliográfico onde foram identificados textos que abordam assunto e o segundo um artigo original. Neste trabalho foram analisadas 24.800 declarações de nascidos vivos, correspondentes aos partos hospitalares ocorridos no Hospital Regional da Asa Sul (HRAS), no período de 1º de janeiro de 2006 a 31 de dezembro de 2009. As faixas etárias maternas foram estratificadas em: adolescente precoce, idade entre 10 a 14 anos; adolescente tardia, idade de 15 a 19 anos e adultas jovens, de 20 a 35 anos. Foi utilizando o programa estatístico SPSS versão 17.0 e aplicado o Qui-quadrado de Pearson com significância de 5 %. Rocha et al apuraram que a ocorrência de baixo peso logo após o nascimento no grupo de gestantes precoces foi muito maior (13,5%) em relação ao grupo de gestantes tardias (3,1%); identificaram no seu estudo que 91,3% das gestantes precoces possuíam somente o ensino fundamental, enquanto que as gestantes tardias representavam 55,5%. Ainda nessa pesquisa...
publishDate 2011
dc.date.none.fl_str_mv 2011
2014-06-11T19:29:51Z
2014-06-11T19:29:51Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv COSTA, Evaldo Lima da. Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal. 2011. 50 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2011.
http://hdl.handle.net/11449/99210
000687686
costa_el_me_botfm.pdf
33004064077P2
2966846406062836
0000-0001-6895-372X
identifier_str_mv COSTA, Evaldo Lima da. Fatores associados e desfechos perinatais em gestação na adolescência em uma amostra de gestantes do Distrito Federal. 2011. 50 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2011.
000687686
costa_el_me_botfm.pdf
33004064077P2
2966846406062836
0000-0001-6895-372X
url http://hdl.handle.net/11449/99210
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv 50 f.
application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.source.none.fl_str_mv Aleph
reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1800401365498855424