Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2010
Autor(a) principal: Leme, José Alexandre Curiacos de Almeida [UNESP]
Orientador(a): Não Informado pela instituição
Banca de defesa: Não Informado pela instituição
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Programa de Pós-Graduação: Não Informado pela instituição
Departamento: Não Informado pela instituição
País: Não Informado pela instituição
Palavras-chave em Português:
Link de acesso: http://hdl.handle.net/11449/100395
Resumo: Para investigar os efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina, GH e IGF-I em ratos diabéticos, ratos wistar foram distribuídos nos seguintes grupos: controle sedentário, controle treinado, diabético sedentário e diabético treinado. A indução do diabetes foi feita por aloxana (32 mg/kg). Após determinação da carga equivalente à máxima fase estável do lactato (MFEL), o protocolo de treinamento físico de natação consistiu de 1 hora/dia, 5 dias/semana durante 8 semanas suportando uma carga equivalente à 90% da MFEL. Durante o período experimental foram registradas semanalmente a massa corporal e ingestão hídrica e alimentar. Ao final do período experimental, foi feita a eutanásia dos animais e o sangue foi coletado para determinação das concentrações de glicose, insulina, albumina, triglicerídeos, GH, IGF-I, grelina acilada e leptina. A massa do estômago foi registrada e foram coletadas amostras dos seguintes tecidos: fígado para determinação de IGF-I, proteína, DNA e triglicerídeos; pâncreas para determinação de IGF-I, proteína e DNA; hipófise para determinação de GH, estômago para determinação de grelina, proteína e DNA e tecido adiposo epididimal para determinação de leptina, proteína e DNA. O diabetes experimental reduziu a massa e comprimento corporal além das concentrações no sangue de insulina, leptina, GH e IGF-I, mas aumentou as ingestões hídrica e alimentar, e as concentrações de triglicerídeos, glicose e grelina acilada sanguíneas. Nos animais diabéticos, o exercício físico promoveu redução da ingestão alimentar, diminuiu as concentrações sanguíneas de glicose e triglicerídeos e recuperou os valores de IGF-I. No fígado, o diabetes reduziu os valores de IGF-I, proteína e razão proteína/DNA, aumentou os valores de triglicerídeos que foram recuperados pelo treinamento físico...
id UNSP_646602ef202ec331086856c80e6716dd
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/100395
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str
spelling Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticosPatologiaDiabetesFomeRespostas endócrino-metabólicasExercício crônicoIGF-IDiabetes MellitusPhysical TrainingGhrelinLeptinPara investigar os efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina, GH e IGF-I em ratos diabéticos, ratos wistar foram distribuídos nos seguintes grupos: controle sedentário, controle treinado, diabético sedentário e diabético treinado. A indução do diabetes foi feita por aloxana (32 mg/kg). Após determinação da carga equivalente à máxima fase estável do lactato (MFEL), o protocolo de treinamento físico de natação consistiu de 1 hora/dia, 5 dias/semana durante 8 semanas suportando uma carga equivalente à 90% da MFEL. Durante o período experimental foram registradas semanalmente a massa corporal e ingestão hídrica e alimentar. Ao final do período experimental, foi feita a eutanásia dos animais e o sangue foi coletado para determinação das concentrações de glicose, insulina, albumina, triglicerídeos, GH, IGF-I, grelina acilada e leptina. A massa do estômago foi registrada e foram coletadas amostras dos seguintes tecidos: fígado para determinação de IGF-I, proteína, DNA e triglicerídeos; pâncreas para determinação de IGF-I, proteína e DNA; hipófise para determinação de GH, estômago para determinação de grelina, proteína e DNA e tecido adiposo epididimal para determinação de leptina, proteína e DNA. O diabetes experimental reduziu a massa e comprimento corporal além das concentrações no sangue de insulina, leptina, GH e IGF-I, mas aumentou as ingestões hídrica e alimentar, e as concentrações de triglicerídeos, glicose e grelina acilada sanguíneas. Nos animais diabéticos, o exercício físico promoveu redução da ingestão alimentar, diminuiu as concentrações sanguíneas de glicose e triglicerídeos e recuperou os valores de IGF-I. No fígado, o diabetes reduziu os valores de IGF-I, proteína e razão proteína/DNA, aumentou os valores de triglicerídeos que foram recuperados pelo treinamento físico...In order to investigate the effects of moderate physical training in the concentrations of ghrelin, leptin, GH and IGF-I in diabetic rats, Wistar rats were distributed in four groups: sedentary control, trained control, sedentary diabetic and trained diabetic. Experimental diabetes was induced by alloxan (32 mg / bw). After workload determination equivalent to maximal lactate steady-state (MLSS), the exercise training protocol consisted in swimming 1 h / day, 5 days / week during 8 weeks supporting a load equivalent to 90% of the MLSS. During the experimental period, weekly body mass, and water and food intake were recorded. At the end of the experiment, euthanasia was performed and the blood was collected to determine the level of glucose, insulin, albumin, triglycerides, GH, IGF-I, acylated ghrelin and leptin. The weight of the stomach was recorded and samples of the following tissues were collected: liver to determine IGF-I, protein, DNA and triglycerides; pancreas to determine IGF-I, protein and DNA; pituitary to determine GH; stomach to determine of ghrelin, protein and DNA and epididymal adipose tissue to determine leptin, protein and DNA. In addition to body weight and length, experimental diabetes also reduced blood concentrations of insulin, leptin, GH and IGF-I. Nevertheless, it increased water and food intake, and also the concentrations of triglycerides, blood glucose and acylated ghrelin. In diabetic rats, exercise caused a reduction of food intake, blood concentrations of glucose and triglycerides, and recovery blood IGF-I. In the liver, diabetes reduced the IGF-I, protein and protein/DNA ratio values, and increased triglycerides level, which was recovered by physical training in these parameters. Diabetes also reduced pituitary GH concentrations, which did not alter by physical training. On the other hand, training increased IGF-I and protein / DNA ratio values... (Complete abstract click electronic access below)Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)Universidade Estadual Paulista (Unesp)Luciano, Eliete [UNESP]Universidade Estadual Paulista (Unesp)Leme, José Alexandre Curiacos de Almeida [UNESP]2014-06-11T19:30:52Z2014-06-11T19:30:52Z2010-10-04info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis97 f. : il., tabs.application/pdfLEME, José Alexandre Curiacos de Almeida. Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos. 2010. 97 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2010.http://hdl.handle.net/11449/100395000630182leme_jaca_dr_rcla.pdf33004137062P02933779830637191Alephreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESPporinfo:eu-repo/semantics/openAccess2024-01-08T06:29:58Zoai:repositorio.unesp.br:11449/100395Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462024-01-08T06:29:58Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.none.fl_str_mv Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
title Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
spellingShingle Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
Leme, José Alexandre Curiacos de Almeida [UNESP]
Patologia
Diabetes
Fome
Respostas endócrino-metabólicas
Exercício crônico
IGF-I
Diabetes Mellitus
Physical Training
Ghrelin
Leptin
title_short Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
title_full Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
title_fullStr Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
title_full_unstemmed Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
title_sort Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos
author Leme, José Alexandre Curiacos de Almeida [UNESP]
author_facet Leme, José Alexandre Curiacos de Almeida [UNESP]
author_role author
dc.contributor.none.fl_str_mv Luciano, Eliete [UNESP]
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.author.fl_str_mv Leme, José Alexandre Curiacos de Almeida [UNESP]
dc.subject.por.fl_str_mv Patologia
Diabetes
Fome
Respostas endócrino-metabólicas
Exercício crônico
IGF-I
Diabetes Mellitus
Physical Training
Ghrelin
Leptin
topic Patologia
Diabetes
Fome
Respostas endócrino-metabólicas
Exercício crônico
IGF-I
Diabetes Mellitus
Physical Training
Ghrelin
Leptin
description Para investigar os efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina, GH e IGF-I em ratos diabéticos, ratos wistar foram distribuídos nos seguintes grupos: controle sedentário, controle treinado, diabético sedentário e diabético treinado. A indução do diabetes foi feita por aloxana (32 mg/kg). Após determinação da carga equivalente à máxima fase estável do lactato (MFEL), o protocolo de treinamento físico de natação consistiu de 1 hora/dia, 5 dias/semana durante 8 semanas suportando uma carga equivalente à 90% da MFEL. Durante o período experimental foram registradas semanalmente a massa corporal e ingestão hídrica e alimentar. Ao final do período experimental, foi feita a eutanásia dos animais e o sangue foi coletado para determinação das concentrações de glicose, insulina, albumina, triglicerídeos, GH, IGF-I, grelina acilada e leptina. A massa do estômago foi registrada e foram coletadas amostras dos seguintes tecidos: fígado para determinação de IGF-I, proteína, DNA e triglicerídeos; pâncreas para determinação de IGF-I, proteína e DNA; hipófise para determinação de GH, estômago para determinação de grelina, proteína e DNA e tecido adiposo epididimal para determinação de leptina, proteína e DNA. O diabetes experimental reduziu a massa e comprimento corporal além das concentrações no sangue de insulina, leptina, GH e IGF-I, mas aumentou as ingestões hídrica e alimentar, e as concentrações de triglicerídeos, glicose e grelina acilada sanguíneas. Nos animais diabéticos, o exercício físico promoveu redução da ingestão alimentar, diminuiu as concentrações sanguíneas de glicose e triglicerídeos e recuperou os valores de IGF-I. No fígado, o diabetes reduziu os valores de IGF-I, proteína e razão proteína/DNA, aumentou os valores de triglicerídeos que foram recuperados pelo treinamento físico...
publishDate 2010
dc.date.none.fl_str_mv 2010-10-04
2014-06-11T19:30:52Z
2014-06-11T19:30:52Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv LEME, José Alexandre Curiacos de Almeida. Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos. 2010. 97 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2010.
http://hdl.handle.net/11449/100395
000630182
leme_jaca_dr_rcla.pdf
33004137062P0
2933779830637191
identifier_str_mv LEME, José Alexandre Curiacos de Almeida. Efeitos do treinamento físico moderado nas concentrações de grelina, leptina e no eixo GH-IGF em ratos diabéticos. 2010. 97 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2010.
000630182
leme_jaca_dr_rcla.pdf
33004137062P0
2933779830637191
url http://hdl.handle.net/11449/100395
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv 97 f. : il., tabs.
application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.source.none.fl_str_mv Aleph
reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1800401460893057024