Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2016
Autor(a) principal: Goes, Renato Jaqueto [UNESP]
Orientador(a): Não Informado pela instituição
Banca de defesa: Não Informado pela instituição
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Programa de Pós-Graduação: Não Informado pela instituição
Departamento: Não Informado pela instituição
País: Não Informado pela instituição
Palavras-chave em Português:
Link de acesso: http://hdl.handle.net/11449/139527
Resumo: A escolha de espécies a serem utilizadas como coberturas vegetais cultivadas na entressafra para a formação de palhada exerce influência na sustentabilidade do sistema plantio direto (SPD). Com a decomposição, os nutrientes contidos na matéria seca (MS) são liberados e absorvidos pelas culturas em sucessão. O molibdênio (Mo) é um micronutriente que apresenta efeito tanto na enzima nitrogenase quanto na redutase do nitrato as quais são essenciais para a fixação biológica de nitrogênio (FBN). O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de doses de N em coberturas vegetais na soja com diferentes doses de Mo foliar, em sucessão, em região de Cerrado e sob SPD. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados no esquema fatorial 2 x 4 x 4 com três repetições. Os tratamentos utilizados foram: duas espécies de coberturas vegetais [sorgo – Sorghum bicolor L. Moench e milheto - Pennisetum glaucum (L.) R. Brown], quatro doses de N (0, 40, 80 e 120 kg ha-1) que foram aplicadas nas coberturas vegetais e quatro doses de Mo aplicadas via foliar na soja em sucessão (0; 12,5; 25 e 50 g ha-1). O cultivar utilizado foi o BRS Valiosa RR. Como fonte de N utilizou-se o nitrato de amônio (33% de N). Nas coberturas vegetais foi determinado a produtividade de MS, teor e acúmulo de N, P, K, Ca, Mg, S e Mo e a MS remanescente. Na cultura da soja realizaram-se as seguintes avaliações: teores foliares de N, P, K, Ca, Mg, S e Mo, estande, altura de inserção da primeira vagem, altura de planta, número de grãos por vagem, número de vagens por planta, número de grãos por planta, massa de 1000 grãos e produtividade. O milheto e o sorgo apresentaram acúmulo de MS semelhantes quando a semeadura ocorreu na primavera. Ambas as espécies utilizadas como coberturas vegetais apresentaram potencial para utilização em rotação/sucessão no SPD. A palhada de sorgo proporciona à cultura da soja maior estande e maior altura de plantas. A produtividade de grãos foi maior sobre a palhada de milheto. As doses de N aplicadas nas coberturas vegetais e as doses de Mo via foliar na soja não aumentam a produtividade desta oleaginosa cultivada em sucessão no SPD.
id UNSP_73c6fc603e723fbc3610496b101291e2
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/139527
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str
spelling Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessãoNitrogen rates on cover soil plants and foliar molybdenum on soybean in sucessionAdubação molíbdicaGlycine max MerrillPennisetum glaucumPalhadaSorghum bicolor L. MoenchSistema plantio diretoStrawNo tillageA escolha de espécies a serem utilizadas como coberturas vegetais cultivadas na entressafra para a formação de palhada exerce influência na sustentabilidade do sistema plantio direto (SPD). Com a decomposição, os nutrientes contidos na matéria seca (MS) são liberados e absorvidos pelas culturas em sucessão. O molibdênio (Mo) é um micronutriente que apresenta efeito tanto na enzima nitrogenase quanto na redutase do nitrato as quais são essenciais para a fixação biológica de nitrogênio (FBN). O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de doses de N em coberturas vegetais na soja com diferentes doses de Mo foliar, em sucessão, em região de Cerrado e sob SPD. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados no esquema fatorial 2 x 4 x 4 com três repetições. Os tratamentos utilizados foram: duas espécies de coberturas vegetais [sorgo – Sorghum bicolor L. Moench e milheto - Pennisetum glaucum (L.) R. Brown], quatro doses de N (0, 40, 80 e 120 kg ha-1) que foram aplicadas nas coberturas vegetais e quatro doses de Mo aplicadas via foliar na soja em sucessão (0; 12,5; 25 e 50 g ha-1). O cultivar utilizado foi o BRS Valiosa RR. Como fonte de N utilizou-se o nitrato de amônio (33% de N). Nas coberturas vegetais foi determinado a produtividade de MS, teor e acúmulo de N, P, K, Ca, Mg, S e Mo e a MS remanescente. Na cultura da soja realizaram-se as seguintes avaliações: teores foliares de N, P, K, Ca, Mg, S e Mo, estande, altura de inserção da primeira vagem, altura de planta, número de grãos por vagem, número de vagens por planta, número de grãos por planta, massa de 1000 grãos e produtividade. O milheto e o sorgo apresentaram acúmulo de MS semelhantes quando a semeadura ocorreu na primavera. Ambas as espécies utilizadas como coberturas vegetais apresentaram potencial para utilização em rotação/sucessão no SPD. A palhada de sorgo proporciona à cultura da soja maior estande e maior altura de plantas. A produtividade de grãos foi maior sobre a palhada de milheto. As doses de N aplicadas nas coberturas vegetais e as doses de Mo via foliar na soja não aumentam a produtividade desta oleaginosa cultivada em sucessão no SPD.The choice of species to be used as cover plants cropped in no season to straw production exert influences in the sustainability of no tillage (SPD). With the decomposition, the nutrients contained in the dry matter (MS) are released and absorbed by crops in sucession. The molybdenum (Mo) is a micronutrient that had so effect in nitrogenase enzyme as in the nitrate reductase those are essential to nitrogen biological fixation (FBN). The present work had as objective to evaluate the N rates effect on cover plants in the soybean with differents Mo foliar rates, in sucession, in Cerrado region and under SPD. The experimental design used was in randomized blocks in factorial scheme 2 x 4 x 4 with three replications. The treatments used were: two species of cover plants [sorghum – Sorghum bicolor L. Moench e millet - Pennisetum glaucum (L.) R. Brown], four N rates (0, 40, 80 and 120 kg ha-1 ) that were applied in cover plants and four Mo rates applied on the leaves in soybean in sucession (0; 12,5; 25 and 50 g ha-1 ). The cultivar used was the BRS Valiosa RR. As N source was used ammonium nitrate (33% of N). In the cover plants were determinated the dry matter yield (MS), content and accumulation of N, P, K, Ca, Mg, S and Mo and MS remaining. At soybean were done the follow evaluations: leaf content of N, P, K, Ca, Mg, S and Mo, stand, first pod insertion, plants height, number of grains by pod, number of pods by plant, weight of 1000 grains and grains yield. The millet and sorghum showed similar MS accumulation when the sowing occurred in the spring. Both species used as cover plants showed potential to use in rotation/sucession in the SPD. The sorghum straw concerns to soybean crop bigger stand and plants height. The grains yield was bigger under millet straw. The N rates applied on the cover plants and the foliar Mo rates in the soybean didn‟t increase the grains yield of this oleaginous cropped in sucession in the SPD.Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)Universidade Estadual Paulista (Unesp)Lazarini, Edson [UNESP]Universidade Estadual Paulista (Unesp)Goes, Renato Jaqueto [UNESP]2016-06-23T19:31:17Z2016-06-23T19:31:17Z2016-06-01info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesisapplication/pdfhttp://hdl.handle.net/11449/13952700087275733004099079P110692029081297710000-0001-5394-0635porinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESP2023-10-18T06:08:44Zoai:repositorio.unesp.br:11449/139527Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462023-10-18T06:08:44Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.none.fl_str_mv Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
Nitrogen rates on cover soil plants and foliar molybdenum on soybean in sucession
title Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
spellingShingle Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
Goes, Renato Jaqueto [UNESP]
Adubação molíbdica
Glycine max Merrill
Pennisetum glaucum
Palhada
Sorghum bicolor L. Moench
Sistema plantio direto
Straw
No tillage
title_short Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
title_full Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
title_fullStr Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
title_full_unstemmed Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
title_sort Doses de nitrogênio em coberturas vegetais e molibdênio foliar na soja em sucessão
author Goes, Renato Jaqueto [UNESP]
author_facet Goes, Renato Jaqueto [UNESP]
author_role author
dc.contributor.none.fl_str_mv Lazarini, Edson [UNESP]
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.author.fl_str_mv Goes, Renato Jaqueto [UNESP]
dc.subject.por.fl_str_mv Adubação molíbdica
Glycine max Merrill
Pennisetum glaucum
Palhada
Sorghum bicolor L. Moench
Sistema plantio direto
Straw
No tillage
topic Adubação molíbdica
Glycine max Merrill
Pennisetum glaucum
Palhada
Sorghum bicolor L. Moench
Sistema plantio direto
Straw
No tillage
description A escolha de espécies a serem utilizadas como coberturas vegetais cultivadas na entressafra para a formação de palhada exerce influência na sustentabilidade do sistema plantio direto (SPD). Com a decomposição, os nutrientes contidos na matéria seca (MS) são liberados e absorvidos pelas culturas em sucessão. O molibdênio (Mo) é um micronutriente que apresenta efeito tanto na enzima nitrogenase quanto na redutase do nitrato as quais são essenciais para a fixação biológica de nitrogênio (FBN). O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de doses de N em coberturas vegetais na soja com diferentes doses de Mo foliar, em sucessão, em região de Cerrado e sob SPD. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados no esquema fatorial 2 x 4 x 4 com três repetições. Os tratamentos utilizados foram: duas espécies de coberturas vegetais [sorgo – Sorghum bicolor L. Moench e milheto - Pennisetum glaucum (L.) R. Brown], quatro doses de N (0, 40, 80 e 120 kg ha-1) que foram aplicadas nas coberturas vegetais e quatro doses de Mo aplicadas via foliar na soja em sucessão (0; 12,5; 25 e 50 g ha-1). O cultivar utilizado foi o BRS Valiosa RR. Como fonte de N utilizou-se o nitrato de amônio (33% de N). Nas coberturas vegetais foi determinado a produtividade de MS, teor e acúmulo de N, P, K, Ca, Mg, S e Mo e a MS remanescente. Na cultura da soja realizaram-se as seguintes avaliações: teores foliares de N, P, K, Ca, Mg, S e Mo, estande, altura de inserção da primeira vagem, altura de planta, número de grãos por vagem, número de vagens por planta, número de grãos por planta, massa de 1000 grãos e produtividade. O milheto e o sorgo apresentaram acúmulo de MS semelhantes quando a semeadura ocorreu na primavera. Ambas as espécies utilizadas como coberturas vegetais apresentaram potencial para utilização em rotação/sucessão no SPD. A palhada de sorgo proporciona à cultura da soja maior estande e maior altura de plantas. A produtividade de grãos foi maior sobre a palhada de milheto. As doses de N aplicadas nas coberturas vegetais e as doses de Mo via foliar na soja não aumentam a produtividade desta oleaginosa cultivada em sucessão no SPD.
publishDate 2016
dc.date.none.fl_str_mv 2016-06-23T19:31:17Z
2016-06-23T19:31:17Z
2016-06-01
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/11449/139527
000872757
33004099079P1
1069202908129771
0000-0001-5394-0635
url http://hdl.handle.net/11449/139527
identifier_str_mv 000872757
33004099079P1
1069202908129771
0000-0001-5394-0635
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1800400935333134336