Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2010
Autor(a) principal: Sérgio Paulo Dejato da Rocha
Orientador(a): Waldir Pereira Elias Junior
Banca de defesa: Tania Aparecida Tardelli Gomes do Amaral, Solange Barros Carbonare, Luis Carlos de Souza Ferreira, Maria Leonor Sarno de Oliveira
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Biotecnologia
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.87.2010.tde-05102010-154953
Resumo: aEPEC é capaz de causar lesão A/E, provocada por proteínas codificadas na região LEE. Foi realizada a análise estrutural e funcional da região LEE de amostras de aEPEC que expressam os padrões ALL, AA e AD, e amostra não aderente (NA). O padrão de adesão característico e capacidade de causar a lesão A/E foram investigados em células epiteliais. As amostras mantiveram o padrão de adesão independentemente da origem da linhagem celular. A lesão A/E foi detectada em algumas linhagens celulares após o contato com as amostras ALL e AD. A presença da região LEE foi detectada intacta e ensaios de PCR em tempo real, microarray e imunodetecção, mostrando a funcionalidade da mesma em todas as amostras. Um plasmídio que expressa a proteína EspFu foi introduzido em todas as 4 amostras, demonstrando não influenciar nos padrões de adesão e nem na capacidade de causar a lesão A/E nas amostras ALL, AA e AD. Mas, a amostra NA expressou o padrão ALL e foi capaz de causar a lesão A/E. Assim, EspFu desempenhou papel na adesão celular além do estabelecimento da lesão A/E in vitro.
id USP_11322a06ddc1f8a96014f66ad94a4f59
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05102010-154953
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica. Structural and functional analysis of LEE region of atypical enteropathogenic Escherichia coli. 2010-08-13Waldir Pereira Elias JuniorTania Aparecida Tardelli Gomes do AmaralSolange Barros CarbonareLuis Carlos de Souza FerreiraMaria Leonor Sarno de OliveiraSérgio Paulo Dejato da RochaUniversidade de São PauloBiotecnologiaUSPBR Escherichia coli Escherichia coli Cellular interaction Diarréia Diarrhea Interação celular aEPEC é capaz de causar lesão A/E, provocada por proteínas codificadas na região LEE. Foi realizada a análise estrutural e funcional da região LEE de amostras de aEPEC que expressam os padrões ALL, AA e AD, e amostra não aderente (NA). O padrão de adesão característico e capacidade de causar a lesão A/E foram investigados em células epiteliais. As amostras mantiveram o padrão de adesão independentemente da origem da linhagem celular. A lesão A/E foi detectada em algumas linhagens celulares após o contato com as amostras ALL e AD. A presença da região LEE foi detectada intacta e ensaios de PCR em tempo real, microarray e imunodetecção, mostrando a funcionalidade da mesma em todas as amostras. Um plasmídio que expressa a proteína EspFu foi introduzido em todas as 4 amostras, demonstrando não influenciar nos padrões de adesão e nem na capacidade de causar a lesão A/E nas amostras ALL, AA e AD. Mas, a amostra NA expressou o padrão ALL e foi capaz de causar a lesão A/E. Assim, EspFu desempenhou papel na adesão celular além do estabelecimento da lesão A/E in vitro. aEPEC is capable to cause A/E lesion, triggered by proteins encoded by LEE region. We analyzed structurally and functionally the LEE region of aEPEC strains displaying LAL, AA, DA, and one nonadherent (NA) strain. The adherence characteristics and ability to cause A/E were investigated in epithelial cells. The displayed adherence patterns were independent of the cell line origin. A/E lesion was detected in some cellular lines after contact only with ALL- and AD-strains. LEE region presence was detected intact and real time PCR, microarray and immunodetection, in all samples tested. An EspFu-expressing plasmid was introduced in all strains, demonstrating no influence of this protein neither in the adherence patterns nor in the capacity to cause A/E of the LAL-, AA- and DA-strains. But, NA-strain expressed the LAL pattern and was able to cause A/E. Therefore, EspFu was shown to play a role in cell adhesion in addition to the establishment of the A/E lesion in vitro. https://doi.org/10.11606/T.87.2010.tde-05102010-154953info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:57Zoai:teses.usp.br:tde-05102010-154953Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10:12Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Structural and functional analysis of LEE region of atypical enteropathogenic Escherichia coli.
title Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
spellingShingle Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
Sérgio Paulo Dejato da Rocha
title_short Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
title_full Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
title_fullStr Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
title_full_unstemmed Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
title_sort Análise estrutural e funcional da região LEE de Escherichia coli enteropatogênica atípica.
author Sérgio Paulo Dejato da Rocha
author_facet Sérgio Paulo Dejato da Rocha
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Waldir Pereira Elias Junior
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Tania Aparecida Tardelli Gomes do Amaral
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Solange Barros Carbonare
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Luis Carlos de Souza Ferreira
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Maria Leonor Sarno de Oliveira
dc.contributor.author.fl_str_mv Sérgio Paulo Dejato da Rocha
contributor_str_mv Waldir Pereira Elias Junior
Tania Aparecida Tardelli Gomes do Amaral
Solange Barros Carbonare
Luis Carlos de Souza Ferreira
Maria Leonor Sarno de Oliveira
description aEPEC é capaz de causar lesão A/E, provocada por proteínas codificadas na região LEE. Foi realizada a análise estrutural e funcional da região LEE de amostras de aEPEC que expressam os padrões ALL, AA e AD, e amostra não aderente (NA). O padrão de adesão característico e capacidade de causar a lesão A/E foram investigados em células epiteliais. As amostras mantiveram o padrão de adesão independentemente da origem da linhagem celular. A lesão A/E foi detectada em algumas linhagens celulares após o contato com as amostras ALL e AD. A presença da região LEE foi detectada intacta e ensaios de PCR em tempo real, microarray e imunodetecção, mostrando a funcionalidade da mesma em todas as amostras. Um plasmídio que expressa a proteína EspFu foi introduzido em todas as 4 amostras, demonstrando não influenciar nos padrões de adesão e nem na capacidade de causar a lesão A/E nas amostras ALL, AA e AD. Mas, a amostra NA expressou o padrão ALL e foi capaz de causar a lesão A/E. Assim, EspFu desempenhou papel na adesão celular além do estabelecimento da lesão A/E in vitro.
publishDate 2010
dc.date.issued.fl_str_mv 2010-08-13
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.87.2010.tde-05102010-154953
url https://doi.org/10.11606/T.87.2010.tde-05102010-154953
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Biotecnologia
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376586244653056