Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2015
Autor(a) principal: Fernanda Regina Ribeiro Santos
Orientador(a): Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva
Banca de defesa: Marianne de Vasconcelos Carvalho, Leonardo Biscaro Pereira, Alexandra Mussolino de Queiroz, Léa Assed Bezerra da Silva
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Odontopediatria
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.58.2020.tde-05092019-160947
Resumo: Durante o processo inflamatório, mediadores são liberados com o objetivo de estimular a resposta imune celular e humoral. Através da ação da enzima ciclo-oxigenase ocorrem modificações estruturais na cadeia do ácido araquidônico levando a síntese de prostaglandinas, potenciais responsáveis pela regulação do metabolismo ósseo durante eventos inflamatórios. Dessa maneira, o objetivo deste estudo foi avaliar o papel da enzima ciclo-oxigenase na inflamação pulpar e reabsorção óssea periapical, após inoculação de lipopolissacarídeo bacteriano (LPS) na câmara pulpar de molares de camundongos. Foram utilizados 144 camundongos C57BL/6, nos quais foram inoculados na câmara pulpar dos primeiros molares uma solução contendo LPS de E. Coli (1,0mg/ml). Decorridos os períodos experimentais de 7, 14, 21 e 28 dias, os animais foram submetidos à eutanásia e os blocos contendo dente e osso foram removidos para processamento histotécnico e extração de RNA. Os efeitos do bloqueio farmacológico com indometacina (inibidor não seletivo de COX) e celecoxibe (inibidor seletivo de COX-2) na expressão de RANK, RANKL, OPG e outros genes envolvidos no metabolismo ósseo foram investigados. Cortes histológicos foram realizados, corados por hematoxilina e eosina, marcados para imunohistoquímica para COX-2 e analisados por microscopia de luz convencional. O recrutamento de células inflamatórias mononucleares e polimorfonucleares para o tecido pulpar foi avaliado em três regiões da polpa radicular (cervical, média e apical). Em seguida, foi realizada a avaliação da expressão gênica por meio de transcrição reversa e reação da polimerase em cadeia em tempo real (qRT-PCR), utilizando o sistema TaqMan® e por meio de um ensaio de PCR Array (Osteogenesis RT² Profiler PCR Array). A inoculação de LPS na câmara pulpar de molares de camundongos foi capaz de induzir a expressão do gene Ptgs2, responsável pela codificação da enzima COX-2, envolvida no metabolismo do ácido araquidônico, assim como dos receptores para PGE2 Ptger1, Ptger3 e Ptger4. Concomitantemente houve a indução da expressão dos genes Tnfrsf11a, Tnfsf11 e Tnfrsf11b, responsáveis pela codificação dos moduladores da osteoclastogênese RANK, RANKL e OPG, respectivamente. Indometacina e Celecoxibe, inibidores não-seletivo e seletivo de COX-2, respectivamente, modularam diferencialmente a expressão dos genes Tnfrsf11a, Tnfsf11 e Tnfrsf11b. Histologicamente, os medicamentos utilizados não inibiram o desenvolvimento da reabsorção óssea na região periapical. Durante o período de 28 dias, em animais em que o LPS foi inoculado e administrado Indometacina, foi observado um aumento significante da lesão periapical. Alguns genes relacionados ao anabolismo ósseo tiveram sua expressão aumentada nos períodos iniciais de resposta à inoculação de LPS na câmara pulpar, com a inibição da via ciclo-oxigenase, como: Bmpr1b, Col10a1, Col14a1, Col17a1, Ahsg e Msx1. Tendo em vista que Celecoxibe e Indometacina modularam diferencialmente a expressão de genes envolvidos no metabolismo ósseo após inoculação de LPS, parece existir um papel distinto para COX-1 e COX-2 no desenvolvimento da lesão periapical.
id USP_1b7f79f21ba517d26cdddbb8567d9215
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05092019-160947
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano Role of cyclooxygenase in inflammation and periapical bone resorption induced by bacterial lipopolyssacharide 2015-03-27Francisco Wanderley Garcia de Paula e SilvaMarianne de Vasconcelos CarvalhoLeonardo Biscaro PereiraAlexandra Mussolino de QueirozLéa Assed Bezerra da SilvaFernanda Regina Ribeiro SantosUniversidade de São PauloOdontopediatriaUSPBR Bacterial lipopolysaccharide Bone metabolism Celecoxib Celecoxibe Ciclooxigenase Cyclooxygenase Indometacina Indomethacin Inflamação Inflammation Lipopolissacarídeo bacteriano Osteoclastogênese Osteoclastogenesis Reabsorção óssea Durante o processo inflamatório, mediadores são liberados com o objetivo de estimular a resposta imune celular e humoral. Através da ação da enzima ciclo-oxigenase ocorrem modificações estruturais na cadeia do ácido araquidônico levando a síntese de prostaglandinas, potenciais responsáveis pela regulação do metabolismo ósseo durante eventos inflamatórios. Dessa maneira, o objetivo deste estudo foi avaliar o papel da enzima ciclo-oxigenase na inflamação pulpar e reabsorção óssea periapical, após inoculação de lipopolissacarídeo bacteriano (LPS) na câmara pulpar de molares de camundongos. Foram utilizados 144 camundongos C57BL/6, nos quais foram inoculados na câmara pulpar dos primeiros molares uma solução contendo LPS de E. Coli (1,0mg/ml). Decorridos os períodos experimentais de 7, 14, 21 e 28 dias, os animais foram submetidos à eutanásia e os blocos contendo dente e osso foram removidos para processamento histotécnico e extração de RNA. Os efeitos do bloqueio farmacológico com indometacina (inibidor não seletivo de COX) e celecoxibe (inibidor seletivo de COX-2) na expressão de RANK, RANKL, OPG e outros genes envolvidos no metabolismo ósseo foram investigados. Cortes histológicos foram realizados, corados por hematoxilina e eosina, marcados para imunohistoquímica para COX-2 e analisados por microscopia de luz convencional. O recrutamento de células inflamatórias mononucleares e polimorfonucleares para o tecido pulpar foi avaliado em três regiões da polpa radicular (cervical, média e apical). Em seguida, foi realizada a avaliação da expressão gênica por meio de transcrição reversa e reação da polimerase em cadeia em tempo real (qRT-PCR), utilizando o sistema TaqMan® e por meio de um ensaio de PCR Array (Osteogenesis RT² Profiler PCR Array). A inoculação de LPS na câmara pulpar de molares de camundongos foi capaz de induzir a expressão do gene Ptgs2, responsável pela codificação da enzima COX-2, envolvida no metabolismo do ácido araquidônico, assim como dos receptores para PGE2 Ptger1, Ptger3 e Ptger4. Concomitantemente houve a indução da expressão dos genes Tnfrsf11a, Tnfsf11 e Tnfrsf11b, responsáveis pela codificação dos moduladores da osteoclastogênese RANK, RANKL e OPG, respectivamente. Indometacina e Celecoxibe, inibidores não-seletivo e seletivo de COX-2, respectivamente, modularam diferencialmente a expressão dos genes Tnfrsf11a, Tnfsf11 e Tnfrsf11b. Histologicamente, os medicamentos utilizados não inibiram o desenvolvimento da reabsorção óssea na região periapical. Durante o período de 28 dias, em animais em que o LPS foi inoculado e administrado Indometacina, foi observado um aumento significante da lesão periapical. Alguns genes relacionados ao anabolismo ósseo tiveram sua expressão aumentada nos períodos iniciais de resposta à inoculação de LPS na câmara pulpar, com a inibição da via ciclo-oxigenase, como: Bmpr1b, Col10a1, Col14a1, Col17a1, Ahsg e Msx1. Tendo em vista que Celecoxibe e Indometacina modularam diferencialmente a expressão de genes envolvidos no metabolismo ósseo após inoculação de LPS, parece existir um papel distinto para COX-1 e COX-2 no desenvolvimento da lesão periapical. During the inflammatory process, mediators are released in order to stimulate cellular and humoral immune response. Through the action of the enzyme cyclooxygenase structural changes occur in the chain of arachidonic acid leading to prostaglandin synthesis, potentially responsible for regulating bone metabolism during inflammatory events. Thus, the aim of this study was to evaluate the role of the enzyme cyclooxygenase in pulp inflammation and periapical bone resorption after inoculation of bacterial lipopolysaccharide (LPS) in the pulp chamber of mouse molars. One hundred and forty four mice were C57BL/6 mice were inoculated in which the pulp chamber of the first molar with a solution containing E. coli LPS (1.0 mg / ml). After experimental periods of 7, 14, 21 and 28 days, the animals were euthanized and the blocks containing teeth and bone were removed to histotechnical processing and RNA extraction. The effects of pharmacologic blockade with indomethacin (non-selective COX inhibitor) and celecoxib (selective COX-2) on the expression of RANK, RANKL, OPG and other genes involved in bone metabolism were investigated. Histological sections were made and stained with hematoxylin and eosin, marked for immunohistochemistry for COX-2 and analyzed by conventional light microscopy. The recruitment of polymorphonuclear and mononuclear inflammatory cells to the pulp tissue was evaluated in three regions of the root pulp (cervical, middle and apical). Then, the evaluation of gene expression by reverse transcription and polymerase chain reaction was performed in real-time (qRT-PCR) using the TaqMan system and using a PCR assay Array (Osteogenesis profiler PCR array RT²). LPS inoculation of mice in the pulp chamber molar was able to induce the expression of Ptgs2 gene responsible for encoding COX-2 enzyme involved in the metabolism of arachidonic acid, as well as receptors for PGE2 Ptger1, Ptger3 and Ptger4. Simultaneously there was induction of the expression of genes Tnfrsf11a, Tnfrsf11b and Tnfsf11 responsible for encoding modulators of osteoclastogenesis RANK, OPG and RANKL, respectively. Celecoxib and Indomethacin, non-selective and selective inhibitors of COX-2, respectively, differentially modulate expression of genes Tnfrsf11a, Tnfrsf11b and Tnfsf11. Histologically, the drugs used did not inhibit the development of bone resorption in the periapical region. During the period of 28 days in the animals inoculated and LPS was administered Indomethacin was observed a significant increase of the periapical lesion. Some genes related to bone anabolism had to be increased in the initial stages of response to LPS inoculation in the pulp chamber, with the inhibition of the cyclooxygenase, such as Bmpr1b, Col10a1, Col14a1, Col17a1, Ahsg and Msx1. Considering that Celecoxibe and Indomethacin modulated differentially expression of genes involved in bone metabolism after inoculation of LPS, there seems to be a distinct role for COX-1 and COX-2 in periapical lesion development. https://doi.org/10.11606/T.58.2020.tde-05092019-160947info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:46Zoai:teses.usp.br:tde-05092019-160947Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212020-01-16T21:37:02Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Role of cyclooxygenase in inflammation and periapical bone resorption induced by bacterial lipopolyssacharide
title Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
spellingShingle Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
Fernanda Regina Ribeiro Santos
title_short Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
title_full Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
title_fullStr Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
title_full_unstemmed Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
title_sort Papel da via ciclo-oxigenase na inflamação e reabsorção óssea periapical induzidas pelo lipopolissacarídeo bacteriano
author Fernanda Regina Ribeiro Santos
author_facet Fernanda Regina Ribeiro Santos
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Marianne de Vasconcelos Carvalho
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Leonardo Biscaro Pereira
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Alexandra Mussolino de Queiroz
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Léa Assed Bezerra da Silva
dc.contributor.author.fl_str_mv Fernanda Regina Ribeiro Santos
contributor_str_mv Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva
Marianne de Vasconcelos Carvalho
Leonardo Biscaro Pereira
Alexandra Mussolino de Queiroz
Léa Assed Bezerra da Silva
description Durante o processo inflamatório, mediadores são liberados com o objetivo de estimular a resposta imune celular e humoral. Através da ação da enzima ciclo-oxigenase ocorrem modificações estruturais na cadeia do ácido araquidônico levando a síntese de prostaglandinas, potenciais responsáveis pela regulação do metabolismo ósseo durante eventos inflamatórios. Dessa maneira, o objetivo deste estudo foi avaliar o papel da enzima ciclo-oxigenase na inflamação pulpar e reabsorção óssea periapical, após inoculação de lipopolissacarídeo bacteriano (LPS) na câmara pulpar de molares de camundongos. Foram utilizados 144 camundongos C57BL/6, nos quais foram inoculados na câmara pulpar dos primeiros molares uma solução contendo LPS de E. Coli (1,0mg/ml). Decorridos os períodos experimentais de 7, 14, 21 e 28 dias, os animais foram submetidos à eutanásia e os blocos contendo dente e osso foram removidos para processamento histotécnico e extração de RNA. Os efeitos do bloqueio farmacológico com indometacina (inibidor não seletivo de COX) e celecoxibe (inibidor seletivo de COX-2) na expressão de RANK, RANKL, OPG e outros genes envolvidos no metabolismo ósseo foram investigados. Cortes histológicos foram realizados, corados por hematoxilina e eosina, marcados para imunohistoquímica para COX-2 e analisados por microscopia de luz convencional. O recrutamento de células inflamatórias mononucleares e polimorfonucleares para o tecido pulpar foi avaliado em três regiões da polpa radicular (cervical, média e apical). Em seguida, foi realizada a avaliação da expressão gênica por meio de transcrição reversa e reação da polimerase em cadeia em tempo real (qRT-PCR), utilizando o sistema TaqMan® e por meio de um ensaio de PCR Array (Osteogenesis RT² Profiler PCR Array). A inoculação de LPS na câmara pulpar de molares de camundongos foi capaz de induzir a expressão do gene Ptgs2, responsável pela codificação da enzima COX-2, envolvida no metabolismo do ácido araquidônico, assim como dos receptores para PGE2 Ptger1, Ptger3 e Ptger4. Concomitantemente houve a indução da expressão dos genes Tnfrsf11a, Tnfsf11 e Tnfrsf11b, responsáveis pela codificação dos moduladores da osteoclastogênese RANK, RANKL e OPG, respectivamente. Indometacina e Celecoxibe, inibidores não-seletivo e seletivo de COX-2, respectivamente, modularam diferencialmente a expressão dos genes Tnfrsf11a, Tnfsf11 e Tnfrsf11b. Histologicamente, os medicamentos utilizados não inibiram o desenvolvimento da reabsorção óssea na região periapical. Durante o período de 28 dias, em animais em que o LPS foi inoculado e administrado Indometacina, foi observado um aumento significante da lesão periapical. Alguns genes relacionados ao anabolismo ósseo tiveram sua expressão aumentada nos períodos iniciais de resposta à inoculação de LPS na câmara pulpar, com a inibição da via ciclo-oxigenase, como: Bmpr1b, Col10a1, Col14a1, Col17a1, Ahsg e Msx1. Tendo em vista que Celecoxibe e Indometacina modularam diferencialmente a expressão de genes envolvidos no metabolismo ósseo após inoculação de LPS, parece existir um papel distinto para COX-1 e COX-2 no desenvolvimento da lesão periapical.
publishDate 2015
dc.date.issued.fl_str_mv 2015-03-27
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.58.2020.tde-05092019-160947
url https://doi.org/10.11606/T.58.2020.tde-05092019-160947
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Odontopediatria
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376584970633216