Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2010
Autor(a) principal: Cynthia Savioli de Paula
Orientador(a): José Tadeu Tesseroli de Siqueira
Banca de defesa: Maria Joaquina Marques Dias, Maria Estela Justamante de Faria, Maria Odete Esteves Hilário, Rosa Maria Rodrigues Pereira
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Neurologia
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.5.2010.tde-10052010-162926
Resumo: Objetivo: Avaliar o comprometimento orofacial em dermatomiosite juvenil (DMJ). Métodos: Vinte e seis pacientes com DMJ foram estudados e comparados a 22 controles saudáveis. A avaliação orofacial incluiu: características clínicas, avaliação dentária e periodontal, função mandibular e fluxo salivar. Também foram avaliadas as características clínicas e scores da DMJ, enzimas musculares e tratamento. Resultados: A média da idade atual foi similar em pacientes e controles (p>0.05). Uma alteração gengival específica, caracterizada por eritema, dilatação de capilares e formação em arbustos foi observado somente em pacientes com DMJ (61% vs.0%, p=0,0001). As freqüências de mobilidade mandibular alterada e abertura de boca diminuída foram significativamente maiores em DMJ versus controles (50% vs. 14%, p=0,013; 31% vs. 0, p=0,005). Comparando pacientes com DMJ com e sem alteração gengival específica, observamos que os pacientes sem alteração gengival apresentaram menores valores de limite esmalte-cemento (- 0.26 vs.-0.006mm, p=0,013) e maior índice de sangramento gengival (27.7% vs.14%, p=0,046). Este padrão de alteração gengival não foi associado à doença periodontal [índice de placa (p=0,332) e perda de inserção dentária (p=0,482)]. A mediana do índice disease activity score(DAS) cutâneo e a dose atual de metotrexate foi maior nos pacientes com alteração gengival (2,5 vs.0,5, p=0,029; 28.7 vs.15, p=0.012). Pacientes com DMJ e limitaçao de abertura de boca apresentaram mediana significativamente menor do manual muscle testing(MMT) quando comparados a pacientes com DMJ sem limitação de abertura de boca (79 vs.80, p=0.002). Conclusão: O padrão gengival característico, associado à atividade cutânea da doença, e diferente de doença periodontal, sugere que a gengiva seja um possível tecido alvo para DMJ. Além disto, fraqueza muscular pode ser um fator relevante para a mobilidade mandibular.
id USP_5374890c09afd81684eee784d38865f7
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-10052010-162926
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil Orofacial characteristics of JDM patients 2010-03-25José Tadeu Tesseroli de SiqueiraMaria Joaquina Marques DiasMaria Estela Justamante de FariaMaria Odete Esteves HilárioRosa Maria Rodrigues PereiraCynthia Savioli de PaulaUniversidade de São PauloNeurologiaUSPBR Dermatomiosite juvenil Gengiva Gingiva Juvenile dermatomyositis Oral health Saúde bucal Temporomandibular joint disorders Transtornos da articulação temporomandibular Objetivo: Avaliar o comprometimento orofacial em dermatomiosite juvenil (DMJ). Métodos: Vinte e seis pacientes com DMJ foram estudados e comparados a 22 controles saudáveis. A avaliação orofacial incluiu: características clínicas, avaliação dentária e periodontal, função mandibular e fluxo salivar. Também foram avaliadas as características clínicas e scores da DMJ, enzimas musculares e tratamento. Resultados: A média da idade atual foi similar em pacientes e controles (p>0.05). Uma alteração gengival específica, caracterizada por eritema, dilatação de capilares e formação em arbustos foi observado somente em pacientes com DMJ (61% vs.0%, p=0,0001). As freqüências de mobilidade mandibular alterada e abertura de boca diminuída foram significativamente maiores em DMJ versus controles (50% vs. 14%, p=0,013; 31% vs. 0, p=0,005). Comparando pacientes com DMJ com e sem alteração gengival específica, observamos que os pacientes sem alteração gengival apresentaram menores valores de limite esmalte-cemento (- 0.26 vs.-0.006mm, p=0,013) e maior índice de sangramento gengival (27.7% vs.14%, p=0,046). Este padrão de alteração gengival não foi associado à doença periodontal [índice de placa (p=0,332) e perda de inserção dentária (p=0,482)]. A mediana do índice disease activity score(DAS) cutâneo e a dose atual de metotrexate foi maior nos pacientes com alteração gengival (2,5 vs.0,5, p=0,029; 28.7 vs.15, p=0.012). Pacientes com DMJ e limitaçao de abertura de boca apresentaram mediana significativamente menor do manual muscle testing(MMT) quando comparados a pacientes com DMJ sem limitação de abertura de boca (79 vs.80, p=0.002). Conclusão: O padrão gengival característico, associado à atividade cutânea da doença, e diferente de doença periodontal, sugere que a gengiva seja um possível tecido alvo para DMJ. Além disto, fraqueza muscular pode ser um fator relevante para a mobilidade mandibular. Objective: To assess orofacial involvement in juvenile dermatomyositis (JDM). Methods: Twenty-six JDM patients were studied and compared to 22 healthy controls. Orofacial evaluation included clinical features, dental and periodontal assessment, mandibular function and salivary flow. JDM clinical features, scores, muscle enzymes and treatment were also assessed. Results: The media of current age was similar in JDM patients and controls (p>0.05). A peculiar gingival alteration characterized by erithema, capillary dilation and bush loop formation was only observed in JDM patients (61% vs.0%, p=0.0001). The frequencies of altered mandibular mobility and reduced mouth opening were significantly higher in JDM versus controls (50% vs. 14%, p=0.013; 31% vs. 0, p=0.005). The comparison of JDM patients with and without gingival alteration showed that the former had lower values of median of cementoenamel junction (-0.26 vs.-0.06mm, p=0.013) and higher gingival bleeding index (27.7% vs.14%, p=0.046). Of note, this pattern of gingival alteration was not associated with periodontal disease [plaque index (p=0.332 and dental attachment loss (p=0.482)]. The median of skin disease activity score(DAS) and current dose of methotrexate were higher in JDM with gingival alteration (2.5 vs.0.5, p=0.02; 28.7 vs.15, p=0.001). A significant association of lower median manual muscle testing(MMT) with reduced mouth opening was observed in JDM compared to patients without this alteration (79 vs.80, p=0.002). Conclusions: The peculiar gingival pattern associated with cutaneous disease activity, distinct from periodontal disease, suggest that gingiva is a possible target tissue for JDM. In addition, muscle weakness may be a relevant factor for mandibular mobility. https://doi.org/10.11606/T.5.2010.tde-10052010-162926info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:36:15Zoai:teses.usp.br:tde-10052010-162926Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10:05Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Orofacial characteristics of JDM patients
title Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
spellingShingle Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
Cynthia Savioli de Paula
title_short Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
title_full Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
title_fullStr Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
title_full_unstemmed Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
title_sort Características orofaciais de pacientes com dermatomiosite juvenil
author Cynthia Savioli de Paula
author_facet Cynthia Savioli de Paula
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv José Tadeu Tesseroli de Siqueira
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Maria Joaquina Marques Dias
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Maria Estela Justamante de Faria
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Maria Odete Esteves Hilário
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Rosa Maria Rodrigues Pereira
dc.contributor.author.fl_str_mv Cynthia Savioli de Paula
contributor_str_mv José Tadeu Tesseroli de Siqueira
Maria Joaquina Marques Dias
Maria Estela Justamante de Faria
Maria Odete Esteves Hilário
Rosa Maria Rodrigues Pereira
description Objetivo: Avaliar o comprometimento orofacial em dermatomiosite juvenil (DMJ). Métodos: Vinte e seis pacientes com DMJ foram estudados e comparados a 22 controles saudáveis. A avaliação orofacial incluiu: características clínicas, avaliação dentária e periodontal, função mandibular e fluxo salivar. Também foram avaliadas as características clínicas e scores da DMJ, enzimas musculares e tratamento. Resultados: A média da idade atual foi similar em pacientes e controles (p>0.05). Uma alteração gengival específica, caracterizada por eritema, dilatação de capilares e formação em arbustos foi observado somente em pacientes com DMJ (61% vs.0%, p=0,0001). As freqüências de mobilidade mandibular alterada e abertura de boca diminuída foram significativamente maiores em DMJ versus controles (50% vs. 14%, p=0,013; 31% vs. 0, p=0,005). Comparando pacientes com DMJ com e sem alteração gengival específica, observamos que os pacientes sem alteração gengival apresentaram menores valores de limite esmalte-cemento (- 0.26 vs.-0.006mm, p=0,013) e maior índice de sangramento gengival (27.7% vs.14%, p=0,046). Este padrão de alteração gengival não foi associado à doença periodontal [índice de placa (p=0,332) e perda de inserção dentária (p=0,482)]. A mediana do índice disease activity score(DAS) cutâneo e a dose atual de metotrexate foi maior nos pacientes com alteração gengival (2,5 vs.0,5, p=0,029; 28.7 vs.15, p=0.012). Pacientes com DMJ e limitaçao de abertura de boca apresentaram mediana significativamente menor do manual muscle testing(MMT) quando comparados a pacientes com DMJ sem limitação de abertura de boca (79 vs.80, p=0.002). Conclusão: O padrão gengival característico, associado à atividade cutânea da doença, e diferente de doença periodontal, sugere que a gengiva seja um possível tecido alvo para DMJ. Além disto, fraqueza muscular pode ser um fator relevante para a mobilidade mandibular.
publishDate 2010
dc.date.issued.fl_str_mv 2010-03-25
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.5.2010.tde-10052010-162926
url https://doi.org/10.11606/T.5.2010.tde-10052010-162926
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Neurologia
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376713069920256