Uma representação da identidade docente em Malhação

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2013
Autor(a) principal: Andréa Clarice Rodrigues Peine Jara
Orientador(a): Jaime Francisco Parreira Cordeiro
Banca de defesa: Denice Barbara Catani, Luciana Cristina Porfirio
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Educação
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/D.48.2013.tde-05082013-110812
Resumo: Esta dissertação apresenta os resultados de investigação acerca da representação da identidade docente em um programa televisivo. Tal análise articulou-se em torno das representações veiculadas acerca da docência na telenovela Malhação das temporadas de 1999/2000 e 2010/2011. Adotei episódios consecutivos de duas semanas da telenovela como amostra: capítulo 1 ao 5 de 1999/2000 e a semana de 21 de fevereiro a 25 de fevereiro de 2011. A hipótese com que se trabalhou nessa pesquisa é a de que esses episódios podem ser compreendidos como bastante representativos das maneiras como esse programa de televisão, a cultura da mídia em geral e mesmo o público costumam perceber e representar a profissão docente. A questão que norteou esta pesquisa foi: como são representados os docentes na telenovela Malhação? Essas temporadas foram examinadas como textos com sentidos e representações culturais e sociais sobre a profissão docente, baseando-se nos pressupostos de Roger Chartier e Pierre Bourdieu, abrangendo os seguintes escopos: a) analisar a composição do ser professor e as representações sobre a docência a partir dessa telenovela; b) aventar questões indicativas às temporadas a partir de informações comuns ao universo escolar, referentes ao ser professor e ao exercício da docência; c) vislumbrar os múltiplos discursos e representações socialmente ativas sobre a profissão docente. Assim, em um primeiro momento, desenvolveu-se uma cronologia dessa telenovela e a importância dos bens simbólicos difundidos pela televisão apropriando-se dos conceitos de cultura da mídia desenvolvido por Douglas Kellner; codificação, decodificação, ressignificação das mensagens midiáticas apresentadas por Stuart Hall e Martin Barbero. Em um segundo momento, expô-se a antropologia da docência e da instituição escolar, a partir de uma perspectiva sócio-histórica por meio da reflexão de autores como António Nóvoa, Denice Barbara Catani, Jaime Francisco Parreira Cordeiro, Maurice Tardif e Claude Lessard, entre outros. A seguir, apresentou-se a análise dos dados a respeito da atuação docente em Malhação, por meio de tabelas e gráficos. Verificou-se que a caracterização da representação da identidade docente na telenovela Malhação, ocorre de forma estereotipada, visando fixar sentidos e significados para a identidade dessa profissão por meio de uma circularidade de temas e abordagens nas temporadas que utilizaram como cenário central os colégios Múltipla Escolha e Primeira Opção para a maioria das tramas.
id USP_8095547a841434559fd89913216daafd
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05082013-110812
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis Uma representação da identidade docente em Malhação A representation of teacher identity in Malhação 2013-06-03Jaime Francisco Parreira CordeiroDenice Barbara CataniLuciana Cristina PorfirioAndréa Clarice Rodrigues Peine JaraUniversidade de São PauloEducaçãoUSPBR identidade Identity Profissão docente Representação Representation Teacher Televisão Television Esta dissertação apresenta os resultados de investigação acerca da representação da identidade docente em um programa televisivo. Tal análise articulou-se em torno das representações veiculadas acerca da docência na telenovela Malhação das temporadas de 1999/2000 e 2010/2011. Adotei episódios consecutivos de duas semanas da telenovela como amostra: capítulo 1 ao 5 de 1999/2000 e a semana de 21 de fevereiro a 25 de fevereiro de 2011. A hipótese com que se trabalhou nessa pesquisa é a de que esses episódios podem ser compreendidos como bastante representativos das maneiras como esse programa de televisão, a cultura da mídia em geral e mesmo o público costumam perceber e representar a profissão docente. A questão que norteou esta pesquisa foi: como são representados os docentes na telenovela Malhação? Essas temporadas foram examinadas como textos com sentidos e representações culturais e sociais sobre a profissão docente, baseando-se nos pressupostos de Roger Chartier e Pierre Bourdieu, abrangendo os seguintes escopos: a) analisar a composição do ser professor e as representações sobre a docência a partir dessa telenovela; b) aventar questões indicativas às temporadas a partir de informações comuns ao universo escolar, referentes ao ser professor e ao exercício da docência; c) vislumbrar os múltiplos discursos e representações socialmente ativas sobre a profissão docente. Assim, em um primeiro momento, desenvolveu-se uma cronologia dessa telenovela e a importância dos bens simbólicos difundidos pela televisão apropriando-se dos conceitos de cultura da mídia desenvolvido por Douglas Kellner; codificação, decodificação, ressignificação das mensagens midiáticas apresentadas por Stuart Hall e Martin Barbero. Em um segundo momento, expô-se a antropologia da docência e da instituição escolar, a partir de uma perspectiva sócio-histórica por meio da reflexão de autores como António Nóvoa, Denice Barbara Catani, Jaime Francisco Parreira Cordeiro, Maurice Tardif e Claude Lessard, entre outros. A seguir, apresentou-se a análise dos dados a respeito da atuação docente em Malhação, por meio de tabelas e gráficos. Verificou-se que a caracterização da representação da identidade docente na telenovela Malhação, ocorre de forma estereotipada, visando fixar sentidos e significados para a identidade dessa profissão por meio de uma circularidade de temas e abordagens nas temporadas que utilizaram como cenário central os colégios Múltipla Escolha e Primeira Opção para a maioria das tramas. This dissertation presents the results of the investigation regarding the teacher representation on a TV show. Such analysis was articulated around the soap opera Malhação teachers representation shown on 1999/2000 and 2010/2011 seasons. I adopted consecutives episodes from two different weeks as samples: chapters 1 to 5 from 1999/2000 and the week from February 21st to 25th, 2011. The hypothesis that was worked on this research is that those episodes could be understood as highly representative of the way that TV shows, media culture in general and even the public are used to perceive and represent teachers. The question that drove this research was: how are the teachers presented in the soap opera Malhação? These seasons were examined as text with sense and cultural and social representation about the teacher profession, basing on Roger Chartier and Pierre Bourdieus conjectures, comprising the following scope: a) Analyze the composition of being a teacher and its representation based on this soap opera; b) Suggest indicative questions regarding the seasons, bases on usual information to school universe, referring to being a teacher and its practice; c) discern the multiples speeches and representation socially active about the teacher profession. So, in the first moment, it was developed the soap operas timeline and the importance of symbolic goods spread by television, appropriating concepts of media culture developed by Douglas Kellner; coding, decoding, re-signification of the mediatic messages presented by Stuart Hall and Martin Barbero. On a second moment, teachers anthropology and the school institution is exposed, based on the socio-historic perspective through thoughts from authors such as António Nóvoa, Denice Barbara Catani, Jaime Francisco Parreira Cordeiro, Maurice Tardif and Claude Lessard, among others. Afterwards, data analysis was presented regarding teachers acting on Malhação, using tables and graphics. It was verified that teachers identity representation on the soap opera Malhação happens in a stereotyped manner, aiming to fix senses and meanings to this professions identity, using recurring topics and approach in the seasons that used Múltipla Escolha and Primeira Opção high schools as main scenario on most of its plots. https://doi.org/10.11606/D.48.2013.tde-05082013-110812info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:22Zoai:teses.usp.br:tde-05082013-110812Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10:36Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Uma representação da identidade docente em Malhação
dc.title.alternative.en.fl_str_mv A representation of teacher identity in Malhação
title Uma representação da identidade docente em Malhação
spellingShingle Uma representação da identidade docente em Malhação
Andréa Clarice Rodrigues Peine Jara
title_short Uma representação da identidade docente em Malhação
title_full Uma representação da identidade docente em Malhação
title_fullStr Uma representação da identidade docente em Malhação
title_full_unstemmed Uma representação da identidade docente em Malhação
title_sort Uma representação da identidade docente em Malhação
author Andréa Clarice Rodrigues Peine Jara
author_facet Andréa Clarice Rodrigues Peine Jara
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Jaime Francisco Parreira Cordeiro
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Denice Barbara Catani
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Luciana Cristina Porfirio
dc.contributor.author.fl_str_mv Andréa Clarice Rodrigues Peine Jara
contributor_str_mv Jaime Francisco Parreira Cordeiro
Denice Barbara Catani
Luciana Cristina Porfirio
description Esta dissertação apresenta os resultados de investigação acerca da representação da identidade docente em um programa televisivo. Tal análise articulou-se em torno das representações veiculadas acerca da docência na telenovela Malhação das temporadas de 1999/2000 e 2010/2011. Adotei episódios consecutivos de duas semanas da telenovela como amostra: capítulo 1 ao 5 de 1999/2000 e a semana de 21 de fevereiro a 25 de fevereiro de 2011. A hipótese com que se trabalhou nessa pesquisa é a de que esses episódios podem ser compreendidos como bastante representativos das maneiras como esse programa de televisão, a cultura da mídia em geral e mesmo o público costumam perceber e representar a profissão docente. A questão que norteou esta pesquisa foi: como são representados os docentes na telenovela Malhação? Essas temporadas foram examinadas como textos com sentidos e representações culturais e sociais sobre a profissão docente, baseando-se nos pressupostos de Roger Chartier e Pierre Bourdieu, abrangendo os seguintes escopos: a) analisar a composição do ser professor e as representações sobre a docência a partir dessa telenovela; b) aventar questões indicativas às temporadas a partir de informações comuns ao universo escolar, referentes ao ser professor e ao exercício da docência; c) vislumbrar os múltiplos discursos e representações socialmente ativas sobre a profissão docente. Assim, em um primeiro momento, desenvolveu-se uma cronologia dessa telenovela e a importância dos bens simbólicos difundidos pela televisão apropriando-se dos conceitos de cultura da mídia desenvolvido por Douglas Kellner; codificação, decodificação, ressignificação das mensagens midiáticas apresentadas por Stuart Hall e Martin Barbero. Em um segundo momento, expô-se a antropologia da docência e da instituição escolar, a partir de uma perspectiva sócio-histórica por meio da reflexão de autores como António Nóvoa, Denice Barbara Catani, Jaime Francisco Parreira Cordeiro, Maurice Tardif e Claude Lessard, entre outros. A seguir, apresentou-se a análise dos dados a respeito da atuação docente em Malhação, por meio de tabelas e gráficos. Verificou-se que a caracterização da representação da identidade docente na telenovela Malhação, ocorre de forma estereotipada, visando fixar sentidos e significados para a identidade dessa profissão por meio de uma circularidade de temas e abordagens nas temporadas que utilizaram como cenário central os colégios Múltipla Escolha e Primeira Opção para a maioria das tramas.
publishDate 2013
dc.date.issued.fl_str_mv 2013-06-03
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/D.48.2013.tde-05082013-110812
url https://doi.org/10.11606/D.48.2013.tde-05082013-110812
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Educação
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376581840633856