Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2001
Autor(a) principal: Sílvio de Almeida Toledo Neto
Orientador(a): Heitor Megale
Banca de defesa: Ataliba Teixeira de Castilho, Ivo José de Castro, Osvaldo Humberto Leonardi Ceschin, Rosa Virginia Barreto de Mattos Oliveira e Silva
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Filologia e Língua Portuguesa
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.8.2001.tde-05092022-125200
Resumo: O Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643) foi executado entre 1543 e 1544. É cópia de um códice de 1314, o qual, por sua vez, deriva da tradução da Estoire dei Saint Graal, realizada em Portugal, em meados do século XIII, juntamente com as duas outras partes do ciclo da Post-Vulgata. A leitura do Livro de José de Arimatéia deixa nítida a impressão de que é uma obra composta de diferentes camadas lingüísticas, uma vez que o texto quinhentista passou por um processo de modernização que, no entanto, não foi completo. A convivência de diferentes estratos lingüísticos é perceptível sob diferentes enfoques, como são o grafemático, o morfológico, o sintático e o lexical. Com o objetivo de comprovar que o Livro de José de Arimatéia apresenta camadas lingüísticas da época da tradução até a da cópia que se conserva na Torre do Tombo, fazemos levantamento e análise de fatos lingüísticos que vêm a comprovar a hipótese tratada até agora de forma pontual pela literatura especializada, de que no Livro de José de Arimatéia existem marcas gramaticais e itens lexicais que configuram duas camadas lingüísticas de épocas diferentes.
id USP_89d68a77a1b0b9e5cf9b3ccdf0664428
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05092022-125200
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista Not available 2001-09-17Heitor MegaleAtaliba Teixeira de CastilhoIvo José de CastroOsvaldo Humberto Leonardi CeschinRosa Virginia Barreto de Mattos Oliveira e SilvaSílvio de Almeida Toledo NetoUniversidade de São PauloFilologia e Língua PortuguesaUSPBR Não consta Not available O Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643) foi executado entre 1543 e 1544. É cópia de um códice de 1314, o qual, por sua vez, deriva da tradução da Estoire dei Saint Graal, realizada em Portugal, em meados do século XIII, juntamente com as duas outras partes do ciclo da Post-Vulgata. A leitura do Livro de José de Arimatéia deixa nítida a impressão de que é uma obra composta de diferentes camadas lingüísticas, uma vez que o texto quinhentista passou por um processo de modernização que, no entanto, não foi completo. A convivência de diferentes estratos lingüísticos é perceptível sob diferentes enfoques, como são o grafemático, o morfológico, o sintático e o lexical. Com o objetivo de comprovar que o Livro de José de Arimatéia apresenta camadas lingüísticas da época da tradução até a da cópia que se conserva na Torre do Tombo, fazemos levantamento e análise de fatos lingüísticos que vêm a comprovar a hipótese tratada até agora de forma pontual pela literatura especializada, de que no Livro de José de Arimatéia existem marcas gramaticais e itens lexicais que configuram duas camadas lingüísticas de épocas diferentes. The Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643) was written between 1543 and 1544. It is a copy of a codex dating from 1314, which derives from the translation of the Estoire dei Saint Graal, made in Portugal, on the Xlllth century, along with the two other parts of the Post-Vulgate cycle. Reading the Livro de José de Arimatéia tums evident that it is a work composed by different Iinguistic layers, since the XVIth century text has passed through a modernization process, that has not been completed. The coexistence of different Iinguistic layers is perceptible in distinct leveis, such as graphematic, morphological, sintactic and Iexical. Our aim is to prove that the Livro de José de Arimatéia presents Iinguistic Iayers from the time of its translation and from the time of the copy preserved in the Torre do Tombo. We conclude that there are linguistic facts and Iexical items based on which it is possible to distinguish Iinguistic layers from two different periods. https://doi.org/10.11606/T.8.2001.tde-05092022-125200info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:46Zoai:teses.usp.br:tde-05092022-125200Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212022-09-05T16:06:08Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Not available
title Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
spellingShingle Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
Sílvio de Almeida Toledo Neto
title_short Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
title_full Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
title_fullStr Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
title_full_unstemmed Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
title_sort Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643): camadas lingüísticas da tradução Ibérica ao Traslado Quinhentista
author Sílvio de Almeida Toledo Neto
author_facet Sílvio de Almeida Toledo Neto
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Heitor Megale
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Ataliba Teixeira de Castilho
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Ivo José de Castro
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Osvaldo Humberto Leonardi Ceschin
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Rosa Virginia Barreto de Mattos Oliveira e Silva
dc.contributor.author.fl_str_mv Sílvio de Almeida Toledo Neto
contributor_str_mv Heitor Megale
Ataliba Teixeira de Castilho
Ivo José de Castro
Osvaldo Humberto Leonardi Ceschin
Rosa Virginia Barreto de Mattos Oliveira e Silva
description O Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, Cód. 643) foi executado entre 1543 e 1544. É cópia de um códice de 1314, o qual, por sua vez, deriva da tradução da Estoire dei Saint Graal, realizada em Portugal, em meados do século XIII, juntamente com as duas outras partes do ciclo da Post-Vulgata. A leitura do Livro de José de Arimatéia deixa nítida a impressão de que é uma obra composta de diferentes camadas lingüísticas, uma vez que o texto quinhentista passou por um processo de modernização que, no entanto, não foi completo. A convivência de diferentes estratos lingüísticos é perceptível sob diferentes enfoques, como são o grafemático, o morfológico, o sintático e o lexical. Com o objetivo de comprovar que o Livro de José de Arimatéia apresenta camadas lingüísticas da época da tradução até a da cópia que se conserva na Torre do Tombo, fazemos levantamento e análise de fatos lingüísticos que vêm a comprovar a hipótese tratada até agora de forma pontual pela literatura especializada, de que no Livro de José de Arimatéia existem marcas gramaticais e itens lexicais que configuram duas camadas lingüísticas de épocas diferentes.
publishDate 2001
dc.date.issued.fl_str_mv 2001-09-17
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.8.2001.tde-05092022-125200
url https://doi.org/10.11606/T.8.2001.tde-05092022-125200
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Filologia e Língua Portuguesa
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376585435152384