A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2019
Autor(a) principal: Carolina Jessica Domschke Sacconi
Orientador(a): Karina Oliveira Leitão
Banca de defesa: Livia Izabel Bezerra de Miranda, Ricardo de Sousa Moretti
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Arquitetura e Urbanismo
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/D.16.2019.tde-05082019-171053
Resumo: Partindo de uma análise crítica das práticas de planejamento adotadas pelo Governo Federal em especial de 2003 a 2018, o presente trabalho aborda uma obra de infraestrutura federal de abrangência regional, a Transposição do rio São Francisco ou Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias do Nordeste Setentrional (PISF), tal como nomeada no início da gestão em que iniciou a ser executada, no governo Lula (2003-2011). A pesquisa partiu de um debate sobre os discursos técnico e político que embasaram o ideário sobre a obra, idealizada desde o Brasil Império, e enfocou a investigação sobre como a obra se relacionou com as estruturas sociais e ambientais do semiárido, levando em consideração o tipo de impacto e de atendimento que ela enseja, sua presença-ausência no território. Para tanto, dedicou-se fortemente a uma análise ancorada na leitura de documentos oficiais, na realização de trabalhos de campo e entrevistas, além de na tabulação de notícias e na produção de uma cartografia que auxilia na elucidação dos argumentos elaborados.
id USP_8d0a7cfdeb3bb961d729e9ac49aa0ad7
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05082019-171053
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos The São Francisco river\'s transfer: the presence-absence\'s contradictions of the construction along its axes 2019-04-30Karina Oliveira LeitãoLivia Izabel Bezerra de MirandaRicardo de Sousa MorettiCarolina Jessica Domschke SacconiUniversidade de São PauloArquitetura e UrbanismoUSPBR Planejamento regional Regional planning Rio São Francisco São Francisco river's Transposição Water transfer Partindo de uma análise crítica das práticas de planejamento adotadas pelo Governo Federal em especial de 2003 a 2018, o presente trabalho aborda uma obra de infraestrutura federal de abrangência regional, a Transposição do rio São Francisco ou Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias do Nordeste Setentrional (PISF), tal como nomeada no início da gestão em que iniciou a ser executada, no governo Lula (2003-2011). A pesquisa partiu de um debate sobre os discursos técnico e político que embasaram o ideário sobre a obra, idealizada desde o Brasil Império, e enfocou a investigação sobre como a obra se relacionou com as estruturas sociais e ambientais do semiárido, levando em consideração o tipo de impacto e de atendimento que ela enseja, sua presença-ausência no território. Para tanto, dedicou-se fortemente a uma análise ancorada na leitura de documentos oficiais, na realização de trabalhos de campo e entrevistas, além de na tabulação de notícias e na produção de uma cartografia que auxilia na elucidação dos argumentos elaborados. Based on a critical analysis of the planning practices adopted by the Federal Government in particular from 2003 to 2017, this investigation approaches a federal infrastructure work on regional scale, the São Francisco river\'s Transfer, later renamed São Francisco River Integration Project with the Northern Northeast Basin (PISF), on the beginning of its execution, during Luiz Inácio Lula da Silva\'s government. The investigation is based on a debate on the technical and political speeches that set the project\'s main ideas, ideas that have been developed since the Empire in Brazil, in the 19th century. The research has focused on the question of how the construction has dialogued with the social and environmental structures of the semiarid, its presence-absence in the territory. For doing so, we have carried out to an analysis of official documents, conducted fieldwork and interviews, tabulated news and produced a cartography that assists in the analytical elucidation of the arguments that have been developed. https://doi.org/10.11606/D.16.2019.tde-05082019-171053info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:28Zoai:teses.usp.br:tde-05082019-171053Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212019-11-08T20:38:17Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
dc.title.alternative.en.fl_str_mv The São Francisco river\'s transfer: the presence-absence\'s contradictions of the construction along its axes
title A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
spellingShingle A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
Carolina Jessica Domschke Sacconi
title_short A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
title_full A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
title_fullStr A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
title_full_unstemmed A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
title_sort A transposição do rio São Francisco: contradições da presença-ausência da obra ao longo de seus eixos
author Carolina Jessica Domschke Sacconi
author_facet Carolina Jessica Domschke Sacconi
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Karina Oliveira Leitão
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Livia Izabel Bezerra de Miranda
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Ricardo de Sousa Moretti
dc.contributor.author.fl_str_mv Carolina Jessica Domschke Sacconi
contributor_str_mv Karina Oliveira Leitão
Livia Izabel Bezerra de Miranda
Ricardo de Sousa Moretti
description Partindo de uma análise crítica das práticas de planejamento adotadas pelo Governo Federal em especial de 2003 a 2018, o presente trabalho aborda uma obra de infraestrutura federal de abrangência regional, a Transposição do rio São Francisco ou Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias do Nordeste Setentrional (PISF), tal como nomeada no início da gestão em que iniciou a ser executada, no governo Lula (2003-2011). A pesquisa partiu de um debate sobre os discursos técnico e político que embasaram o ideário sobre a obra, idealizada desde o Brasil Império, e enfocou a investigação sobre como a obra se relacionou com as estruturas sociais e ambientais do semiárido, levando em consideração o tipo de impacto e de atendimento que ela enseja, sua presença-ausência no território. Para tanto, dedicou-se fortemente a uma análise ancorada na leitura de documentos oficiais, na realização de trabalhos de campo e entrevistas, além de na tabulação de notícias e na produção de uma cartografia que auxilia na elucidação dos argumentos elaborados.
publishDate 2019
dc.date.issued.fl_str_mv 2019-04-30
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/D.16.2019.tde-05082019-171053
url https://doi.org/10.11606/D.16.2019.tde-05082019-171053
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Arquitetura e Urbanismo
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376582728777728