Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2019
Autor(a) principal: Ary Fábio Giordani Daniel
Orientador(a): Pedro Paulo Salles
Banca de defesa: Rogerio Budasz, Joana Ramalho Ortigão Correa, Alberto Tsuyoshi Ikeda, Tiago de Oliveira Pinto
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Música
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.27.2019.tde-05092019-104918
Resumo: A tese discute as alterações paradigmáticas que incidem no modo de fazer o fandango caiçara na contemporaneidade refletindo sobre a pulsão de vida e de mundo que move os múltiplos agenciamentos de atores culturais no litoral caiçara. Contempla também os diálogos interétnicos, intergeracionais e interinstitucionais que historicamente fortalecem aspectos macro e micropolíticos inerentes ao fandango e, a partir da consolidação de políticas públicas para as culturas populares e do advento da comunicação instantânea, tomam assento nos modelos culturais e artísticos de que se valem os fandangueiros para manter suas práticas poético-musicais, organológicas e de sociabilidade. Articulamos participativamente nosso engajamento ativo a partir de conceitos musicológicos, etnográficos, cognitivos, filosóficos e performáticos, aproximando-nos ainda da ontologia corpuscular e das humanidades digitais para melhor compreender a alteridade caiçara e suas estratégias de resistência e insurreição frente à distópica conjuntura sociopolítica experimentada globalmente neste recorte sincrônico, lapso temporal dito hipermodernidade.
id USP_9751535052b3cef83e8f21f933f8b11c
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05092019-104918
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte? - 2019-06-26Pedro Paulo SallesRogerio BudaszJoana Ramalho Ortigão CorreaAlberto Tsuyoshi IkedaTiago de Oliveira PintoAry Fábio Giordani DanielUniversidade de São PauloMúsicaUSPBR Agenciamento caiçara Caiçara agency Caiçara lutherie Caiçara sociality Fandango caiçara Fandango caiçara Luteria caiçara Pulsão de vida Pulses of life Socialidade caiçara A tese discute as alterações paradigmáticas que incidem no modo de fazer o fandango caiçara na contemporaneidade refletindo sobre a pulsão de vida e de mundo que move os múltiplos agenciamentos de atores culturais no litoral caiçara. Contempla também os diálogos interétnicos, intergeracionais e interinstitucionais que historicamente fortalecem aspectos macro e micropolíticos inerentes ao fandango e, a partir da consolidação de políticas públicas para as culturas populares e do advento da comunicação instantânea, tomam assento nos modelos culturais e artísticos de que se valem os fandangueiros para manter suas práticas poético-musicais, organológicas e de sociabilidade. Articulamos participativamente nosso engajamento ativo a partir de conceitos musicológicos, etnográficos, cognitivos, filosóficos e performáticos, aproximando-nos ainda da ontologia corpuscular e das humanidades digitais para melhor compreender a alteridade caiçara e suas estratégias de resistência e insurreição frente à distópica conjuntura sociopolítica experimentada globalmente neste recorte sincrônico, lapso temporal dito hipermodernidade. This thesis discusses the paradigmatic changes that affect how fandango caiçara is done in contemporary times, reflecting on life and world pulses that move the multiple assemblages of cultural actors in the caiçara coast. It further contemplates the interethnic, intergenerational and interinstitutional dialogues that historically strengthen macro and micropolitics inherent in fandango, and, from the consolidation of public policies for popular cultures and the advent of instantaneous communication, are based on the cultural and artistic models used by fandangueiros to maintain their poetic-musical, organological and sociability practices. We collectively articulated our activist commitment from musicological, ethnographic, cognitive, philosophical and performatic concepts, yet approaching corpuscular ontology and digital humanities in order to better understand the otherness of caiçara and its strategies of resistance and insurrection in the face of the dystopian sociopolitical conjuncture globally experienced in this synchronic cut-off, temporal lapse called hypermodernity. https://doi.org/10.11606/T.27.2019.tde-05092019-104918info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:46Zoai:teses.usp.br:tde-05092019-104918Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212019-11-08T20:37:02Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
dc.title.alternative.en.fl_str_mv -
title Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
spellingShingle Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
Ary Fábio Giordani Daniel
title_short Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
title_full Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
title_fullStr Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
title_full_unstemmed Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
title_sort Fandango Caiçara nos tempos da comunicação instantânea: Musicologia política ou etnografia do estado da arte?
author Ary Fábio Giordani Daniel
author_facet Ary Fábio Giordani Daniel
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Pedro Paulo Salles
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Rogerio Budasz
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Joana Ramalho Ortigão Correa
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Alberto Tsuyoshi Ikeda
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Tiago de Oliveira Pinto
dc.contributor.author.fl_str_mv Ary Fábio Giordani Daniel
contributor_str_mv Pedro Paulo Salles
Rogerio Budasz
Joana Ramalho Ortigão Correa
Alberto Tsuyoshi Ikeda
Tiago de Oliveira Pinto
description A tese discute as alterações paradigmáticas que incidem no modo de fazer o fandango caiçara na contemporaneidade refletindo sobre a pulsão de vida e de mundo que move os múltiplos agenciamentos de atores culturais no litoral caiçara. Contempla também os diálogos interétnicos, intergeracionais e interinstitucionais que historicamente fortalecem aspectos macro e micropolíticos inerentes ao fandango e, a partir da consolidação de políticas públicas para as culturas populares e do advento da comunicação instantânea, tomam assento nos modelos culturais e artísticos de que se valem os fandangueiros para manter suas práticas poético-musicais, organológicas e de sociabilidade. Articulamos participativamente nosso engajamento ativo a partir de conceitos musicológicos, etnográficos, cognitivos, filosóficos e performáticos, aproximando-nos ainda da ontologia corpuscular e das humanidades digitais para melhor compreender a alteridade caiçara e suas estratégias de resistência e insurreição frente à distópica conjuntura sociopolítica experimentada globalmente neste recorte sincrônico, lapso temporal dito hipermodernidade.
publishDate 2019
dc.date.issued.fl_str_mv 2019-06-26
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.27.2019.tde-05092019-104918
url https://doi.org/10.11606/T.27.2019.tde-05092019-104918
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Música
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376584932884480