Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2012
Autor(a) principal: Renata Ferreira Costa
Orientador(a): Sílvio de Almeida Toledo Neto
Banca de defesa: Manoel Mourivaldo Santiago Almeida, Ivo José de Castro, João Miguel Quaresma Mendes Dionísio, Marcelo Módolo
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Filologia e Língua Portuguesa
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.8.2012.tde-11012013-120603
Resumo: Esta tese indica as fontes textuais de Memória Histórica da Capitania de São Paulo e analisa os procedimentos de modificação textual operados por Manuel Cardoso de Abreu na adaptação dessas fontes para a elaboração de sua obra. A Memória Histórica, de Manuel Cardoso de Abreu, oficial maior da Secretaria da Capitania de São Paulo, é um manuscrito do século XVIII preservado no Arquivo do Estado de São Paulo, composto principalmente a partir de textos dos historiadores setecentistas Pedro Taques de Almeida Paes Leme História da Capitania de São Vicente; Notícia Histórica da Expulsão dos Jesuítas do Colégio de São Paulo e Nobiliarquia Paulistana Histórica e Genealógica e Frei Gaspar da Madre de Deus Memórias para a História da Capitania de São Vicente. Apesar da comprovação da reprodução integral de muitos trechos e parágrafos de tais obras, o manuscrito não se configura como uma cópia literal de suas fontes, uma vez que Manuel Cardoso interveio intencionalmente nos textos que lhe serviram de modelo para a construção de sua Memória, operando, para tanto, uma série de alterações, que deram origem a um novo texto. No início do século XX, depois da aquisição dessa obra pelo Arquivo do Estado, historiadores como Capistrano de Abreu e, especialmente, Afonso dEscragnolle Taunay, levantaram a questão da sua autenticidade, amparados nas noções de autoria e propriedade intelectual. Assim, a Memória Histórica foi julgada como um caso de plágio, sem que, contudo, houvesse uma discussão em torno da motivação e finalidade dessa apropriação textual, da relação desse texto com os seus textos-fonte e das práticas de escrita e de cópia à época. Este trabalho, que se fundamenta nos princípios teóricos e metodológicos da Crítica de Fontes, da Filologia e da Crítica Textual, parte da pesquisa, exame e colação das fontes da Memória Histórica, com o objetivo de estabelecer a categorização dos mecanismos de filtragem de tais fontes. Desse modo, objetiva-se identificar quais as modificações, voluntárias e involuntárias, operadas por Manuel Cardoso de Abreu no processo de elaboração de sua obra.
id USP_b4eddd7d6d0cf4e2af22a1834aa854e7
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-11012013-120603
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796 A case of appropriation of textual sources: Memória Histórica da Capitania de São Paulo, by Manuel Cardoso de Abreu, 1796 2012-10-26Sílvio de Almeida Toledo NetoManoel Mourivaldo Santiago AlmeidaIvo José de CastroJoão Miguel Quaresma Mendes DionísioMarcelo MódoloRenata Ferreira CostaUniversidade de São PauloFilologia e Língua PortuguesaUSPBR Appropriation of textual sources Apropriação de fontes textuais Crítica de fontes Crítica textual Critical sources Filologia Philology Plagiarism Plágio Textual criticism Esta tese indica as fontes textuais de Memória Histórica da Capitania de São Paulo e analisa os procedimentos de modificação textual operados por Manuel Cardoso de Abreu na adaptação dessas fontes para a elaboração de sua obra. A Memória Histórica, de Manuel Cardoso de Abreu, oficial maior da Secretaria da Capitania de São Paulo, é um manuscrito do século XVIII preservado no Arquivo do Estado de São Paulo, composto principalmente a partir de textos dos historiadores setecentistas Pedro Taques de Almeida Paes Leme História da Capitania de São Vicente; Notícia Histórica da Expulsão dos Jesuítas do Colégio de São Paulo e Nobiliarquia Paulistana Histórica e Genealógica e Frei Gaspar da Madre de Deus Memórias para a História da Capitania de São Vicente. Apesar da comprovação da reprodução integral de muitos trechos e parágrafos de tais obras, o manuscrito não se configura como uma cópia literal de suas fontes, uma vez que Manuel Cardoso interveio intencionalmente nos textos que lhe serviram de modelo para a construção de sua Memória, operando, para tanto, uma série de alterações, que deram origem a um novo texto. No início do século XX, depois da aquisição dessa obra pelo Arquivo do Estado, historiadores como Capistrano de Abreu e, especialmente, Afonso dEscragnolle Taunay, levantaram a questão da sua autenticidade, amparados nas noções de autoria e propriedade intelectual. Assim, a Memória Histórica foi julgada como um caso de plágio, sem que, contudo, houvesse uma discussão em torno da motivação e finalidade dessa apropriação textual, da relação desse texto com os seus textos-fonte e das práticas de escrita e de cópia à época. Este trabalho, que se fundamenta nos princípios teóricos e metodológicos da Crítica de Fontes, da Filologia e da Crítica Textual, parte da pesquisa, exame e colação das fontes da Memória Histórica, com o objetivo de estabelecer a categorização dos mecanismos de filtragem de tais fontes. Desse modo, objetiva-se identificar quais as modificações, voluntárias e involuntárias, operadas por Manuel Cardoso de Abreu no processo de elaboração de sua obra. This work through the establishment of the sources used on the paper titled Memória Histórica da Capitania de São Paulo, seeks to analyze the textual transformation in the passage from one text to another. The Memória Histórica, of Manuel Cardoso de Abreu, higher official of the Secretariat of the Province of São Paulo, is an eighteenth century manuscript deposited in the Archive of the State of São Paulo, composed mainly of texts of the eighteenth century texts written by historians, as Pedro Taques de Almeida Paes Leme Leme História da Capitania de São Vicente; Notícia Histórica da Expulsão dos Jesuítas do Colégio de São Paulo e Nobiliarquia Paulistana Histórica e Genealógica and Frei Gaspar da Madre de Deus Memórias para a História da Capitania de São Vicente. Despite the confirmation of the full reproduction of many sections and paragraphs of such works, the manuscript is not configured as a literal copy of his sources, since Manuel Cardoso intentionally intervened in the texts which served as a model for the construction of his Memória, implementing to this end, a series of changes that gave rise to a new text. In the early twentieth century, after the acquisition of this works by the State Archives, historians as Capistrano de Abreu and, especially, Afonso dEscragnolle Taunay, raised the question of its authenticity, supported by the notions of authorship and intellectual property. As a consequence, Memória Histórica was judged as a case of plagiarism, without, however, a discussion on the motivation and purpose of textual appropriation, the relationship of that text with their sources and without consideration for writing and copying practices during the period when they were constructed, being held. So, based essentially on theoretical and methodological principles, such as Critical Sources, Philology and Textual Criticism, this research focuses on the examination and collation of the sources from Memória Histórica, and it searches to establish the categorization of filtering mechanisms for these sources, so that it is possible to reveal which variants of Manuel Cardoso de Abreu in the writing process of his work and to what extent was his was intentional intervention. https://doi.org/10.11606/T.8.2012.tde-11012013-120603info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:39:40Zoai:teses.usp.br:tde-11012013-120603Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10:35Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
dc.title.alternative.en.fl_str_mv A case of appropriation of textual sources: Memória Histórica da Capitania de São Paulo, by Manuel Cardoso de Abreu, 1796
title Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
spellingShingle Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
Renata Ferreira Costa
title_short Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
title_full Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
title_fullStr Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
title_full_unstemmed Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
title_sort Um caso de apropriação de fontes textuais: memória histórica da capitania de São paulo, de Manuel Cardoso de Abreu, 1796
author Renata Ferreira Costa
author_facet Renata Ferreira Costa
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Sílvio de Almeida Toledo Neto
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Manoel Mourivaldo Santiago Almeida
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Ivo José de Castro
dc.contributor.referee3.fl_str_mv João Miguel Quaresma Mendes Dionísio
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Marcelo Módolo
dc.contributor.author.fl_str_mv Renata Ferreira Costa
contributor_str_mv Sílvio de Almeida Toledo Neto
Manoel Mourivaldo Santiago Almeida
Ivo José de Castro
João Miguel Quaresma Mendes Dionísio
Marcelo Módolo
description Esta tese indica as fontes textuais de Memória Histórica da Capitania de São Paulo e analisa os procedimentos de modificação textual operados por Manuel Cardoso de Abreu na adaptação dessas fontes para a elaboração de sua obra. A Memória Histórica, de Manuel Cardoso de Abreu, oficial maior da Secretaria da Capitania de São Paulo, é um manuscrito do século XVIII preservado no Arquivo do Estado de São Paulo, composto principalmente a partir de textos dos historiadores setecentistas Pedro Taques de Almeida Paes Leme História da Capitania de São Vicente; Notícia Histórica da Expulsão dos Jesuítas do Colégio de São Paulo e Nobiliarquia Paulistana Histórica e Genealógica e Frei Gaspar da Madre de Deus Memórias para a História da Capitania de São Vicente. Apesar da comprovação da reprodução integral de muitos trechos e parágrafos de tais obras, o manuscrito não se configura como uma cópia literal de suas fontes, uma vez que Manuel Cardoso interveio intencionalmente nos textos que lhe serviram de modelo para a construção de sua Memória, operando, para tanto, uma série de alterações, que deram origem a um novo texto. No início do século XX, depois da aquisição dessa obra pelo Arquivo do Estado, historiadores como Capistrano de Abreu e, especialmente, Afonso dEscragnolle Taunay, levantaram a questão da sua autenticidade, amparados nas noções de autoria e propriedade intelectual. Assim, a Memória Histórica foi julgada como um caso de plágio, sem que, contudo, houvesse uma discussão em torno da motivação e finalidade dessa apropriação textual, da relação desse texto com os seus textos-fonte e das práticas de escrita e de cópia à época. Este trabalho, que se fundamenta nos princípios teóricos e metodológicos da Crítica de Fontes, da Filologia e da Crítica Textual, parte da pesquisa, exame e colação das fontes da Memória Histórica, com o objetivo de estabelecer a categorização dos mecanismos de filtragem de tais fontes. Desse modo, objetiva-se identificar quais as modificações, voluntárias e involuntárias, operadas por Manuel Cardoso de Abreu no processo de elaboração de sua obra.
publishDate 2012
dc.date.issued.fl_str_mv 2012-10-26
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.8.2012.tde-11012013-120603
url https://doi.org/10.11606/T.8.2012.tde-11012013-120603
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Filologia e Língua Portuguesa
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376732967698432