Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2011
Autor(a) principal: Kathrin Stefanie Schweiger
Orientador(a): Eliana Gabriela Fischer
Banca de defesa: Solange Aranha, Marilia Mendes Ferreira, Eva Maria Ferreira Glenk, Ulrike Agathe Schröder
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Letras (Língua e Literatura Alemã)
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.8.2011.tde-05082011-154652
Resumo: A presente pesquisa trata da descrição e da análise de estratégias retóricas que abrangem a distribuição e organização funcional e conteudística de segmentos textuais de introduções de dissertações de mestrado. Para o fim proposto, os textos de introduções foram extraídos de dissertações de mestrado do Institut für Deutsch als Fremdsprache/Transnationale Germanistik da LMU de Munique e da Área de Alemão da USP, Brasil, escritas nas línguas de cada país: alemão e português. O corpus é composto de 44 textos de introdução. Com base na perspectiva linguístico-contrastiva, as constatações da retórica contrastiva, juntamente com a análise de gênero de orientação sócio-retórica, formam os fundamentos teóricos desse trabalho. Com o intuito de determinar a distribuição e a organização dos segmentos textuais, foi empregado o modelo CARS de SWALES (1990, 2004), desenvolvido inicialmente para analisar a estrutura organizacional de introduções científicas do gênero artigo. A prioridade da presente pesquisa foi a de identificar e localizar as estratégias que o autor da dissertação de mestrado utiliza, para apresentar seu próprio trabalho (movimento 3 de Swales). Devido à grande variação da sequência de estratégias retóricas não foi possível determinar um modelo organizacional claro dos textos nas duas línguas. Contudo, a descrição dos dados tornou possível a constatação de estratégias principais e secundárias empregadas na apresentação dos próprios trabalhos. Incluem-se entre as estratégias principais: a) a denominação do estabelecimento de metas, b) indicações sobre o método de procedimento, assim como c) indicações sobre a estrutura textual. Adicionalmente, é importante para os autores dos textos em questão indicar o que o trabalho não é capaz de realizar, uma estratégia não existente no modelo de Swales e que, para as introduções das dissertações de mestrado consideradas, é essencial. Contextos diferentes da produção (como, por exemplo, posições com graus hierárquicos distintos) conduzem a uma valorização diferente nas metas comunicativas, fazendo com que, por exemplo, o movimento 3 tenha um papel mais importante nas introduções de dissertações do que em artigos científicos, nos quais a revelação de uma lacuna de pesquisa é muito importante. Além da identificação e da organização de estratégias retóricas, também foi considerada a sua realização linguística e gramatical no alemão e no português, assim como examinado o emprego dos pronomes pessoais que indicam as autorreferências. Assim, objetivou-se verificar em que papéis acadêmicos o autor aparece em seus textos. Os fundamentos teóricos empregados foram fornecidos por HYLAND (2002), STEINHOFF (2007) e SCHMIDT (2010). Como resultado é possível afirmar que a) os autores dos textos em português não seguem um mesmo modelo no que concerne ao emprego de pronomes pessoais, b) nos textos em alemão o autor quase não aparece, fazendo com que as referências de autor sem a presença do agente predominem, e c) nos textos em português e em alemão o autor aparece predominantemente na função de autor, isto é, quando, por exemplo, aparecem indicações sobre a organização textual. Os resultados deste trabalho têm como meta servir de subsídio para a produção de material didático que forneça aos futuros mestrandos recursos para a elaboração de textos de introdução nas duas línguas.
id USP_dd5a3fc9985fc7034f8881052afebda8
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05082011-154652
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique Cutural translation: the image of Brazil in Do Outro Mndo, by Ana Maria Machado 2011-05-30Eliana Gabriela FischerSolange AranhaMarilia Mendes FerreiraEva Maria Ferreira GlenkUlrike Agathe SchröderKathrin Stefanie SchweigerUniversidade de São PauloLetras (Língua e Literatura Alemã)USPBR Academic genres Academic introductions Análise de movimentos Comparative studies of scientific languages Contrastive rhetoric Estudos comparados de linguagens científicas Gêneros acadêmicos Introduções acadêmicas Move-analysis Retórica contrastiva A presente pesquisa trata da descrição e da análise de estratégias retóricas que abrangem a distribuição e organização funcional e conteudística de segmentos textuais de introduções de dissertações de mestrado. Para o fim proposto, os textos de introduções foram extraídos de dissertações de mestrado do Institut für Deutsch als Fremdsprache/Transnationale Germanistik da LMU de Munique e da Área de Alemão da USP, Brasil, escritas nas línguas de cada país: alemão e português. O corpus é composto de 44 textos de introdução. Com base na perspectiva linguístico-contrastiva, as constatações da retórica contrastiva, juntamente com a análise de gênero de orientação sócio-retórica, formam os fundamentos teóricos desse trabalho. Com o intuito de determinar a distribuição e a organização dos segmentos textuais, foi empregado o modelo CARS de SWALES (1990, 2004), desenvolvido inicialmente para analisar a estrutura organizacional de introduções científicas do gênero artigo. A prioridade da presente pesquisa foi a de identificar e localizar as estratégias que o autor da dissertação de mestrado utiliza, para apresentar seu próprio trabalho (movimento 3 de Swales). Devido à grande variação da sequência de estratégias retóricas não foi possível determinar um modelo organizacional claro dos textos nas duas línguas. Contudo, a descrição dos dados tornou possível a constatação de estratégias principais e secundárias empregadas na apresentação dos próprios trabalhos. Incluem-se entre as estratégias principais: a) a denominação do estabelecimento de metas, b) indicações sobre o método de procedimento, assim como c) indicações sobre a estrutura textual. Adicionalmente, é importante para os autores dos textos em questão indicar o que o trabalho não é capaz de realizar, uma estratégia não existente no modelo de Swales e que, para as introduções das dissertações de mestrado consideradas, é essencial. Contextos diferentes da produção (como, por exemplo, posições com graus hierárquicos distintos) conduzem a uma valorização diferente nas metas comunicativas, fazendo com que, por exemplo, o movimento 3 tenha um papel mais importante nas introduções de dissertações do que em artigos científicos, nos quais a revelação de uma lacuna de pesquisa é muito importante. Além da identificação e da organização de estratégias retóricas, também foi considerada a sua realização linguística e gramatical no alemão e no português, assim como examinado o emprego dos pronomes pessoais que indicam as autorreferências. Assim, objetivou-se verificar em que papéis acadêmicos o autor aparece em seus textos. Os fundamentos teóricos empregados foram fornecidos por HYLAND (2002), STEINHOFF (2007) e SCHMIDT (2010). Como resultado é possível afirmar que a) os autores dos textos em português não seguem um mesmo modelo no que concerne ao emprego de pronomes pessoais, b) nos textos em alemão o autor quase não aparece, fazendo com que as referências de autor sem a presença do agente predominem, e c) nos textos em português e em alemão o autor aparece predominantemente na função de autor, isto é, quando, por exemplo, aparecem indicações sobre a organização textual. Os resultados deste trabalho têm como meta servir de subsídio para a produção de material didático que forneça aos futuros mestrandos recursos para a elaboração de textos de introdução nas duas línguas. This study explores the description and analysis of rhetorical strategies utilized in the content-related distribution and organization of textual segments of master theses introductions. For this purpose, introduction texts were taken from masters dissertations of the Institut für Deutsch als Fremdsprache/Transnationale Germanistik of the LMU of Munich and of the German Department at Universidade de São Paulo, Brazil, each written in its respective national language: German and Portuguese. The corpus consists of 44 introductions. Due to the linguistic contrastive perspective, the findings of the contrastive rhetoric constitute the theoretical basis of this research, together with the genre analysis of socio-rhetoric orientation. In order to determine the distribution and disposal of the text segments, the CARS model by SWALES (1990, 2004) was employed. This model was initially developed to analyze the organizational structure of scientific introductions of research articles. The primary focus of this study is to identify and locate the strategies that each dissertation author uses to present its own work (Swales move 3). Due to a great variety of rhetoric sequences, it was not possible to determine a conclusive organizational structure of the texts in either language. However, a description of the data made it possible to determine primary and secondary strategies employed in the presentation of master theses. Primary strategies include: a) indication of goal setting, b) indications concerning the methodical procedure, as well as c) indications about the structure of the text. Furthermore, it is important for the authors to indicate what cannot be achieved, a strategy which is not considered by Swales in his model and which is essential for the analyzed introductions of masters dissertations. Different production contexts (as, for example, positions with different hierarchical degrees) lead to a different valuation of the communicative goals, having as a result that, for example, move three in master thesis introductions plays a more important role than in scientific articles, in which the indication of a research gap is of great importance. In addition to the identification and organization of rhetoric strategies, linguistic and grammatical use in German and Portuguese was also considered, as well as the use of personal pronouns that indicate references to the author depending on the agent. The intention was to verify in which academic rules the author appears in his texts. The theoretical fundamentals employed were based on HYLAND (2002), STEINHOFF (2007) and SCHMIDT (2010). As a result, it is possible to state that a) the authors of texts in Portuguese do not follow the same model concerning the use of personal pronouns, b) in the German text the authorial presence is frequently hidden behind passive forms c) in the Portuguese, as well as in the German texts, the author appears mainly in the rule of the agent, for example, when indications about the textual organization appear. The results of this work intend to serve as a basis for the production of didactic materials by providing instruments for future masters students to employ in the production of introduction texts in both languages. https://doi.org/10.11606/T.8.2011.tde-05082011-154652info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:18Zoai:teses.usp.br:tde-05082011-154652Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10:30Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Cutural translation: the image of Brazil in Do Outro Mndo, by Ana Maria Machado
title Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
spellingShingle Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
Kathrin Stefanie Schweiger
title_short Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
title_full Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
title_fullStr Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
title_full_unstemmed Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
title_sort Estratégias retóricas de distribuição de informação e a sinalização léxico-gramatical em introduções de dissertações de mestrado na área de alemão da USP/São Paulo e da LMU/Munique
author Kathrin Stefanie Schweiger
author_facet Kathrin Stefanie Schweiger
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Eliana Gabriela Fischer
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Solange Aranha
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Marilia Mendes Ferreira
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Eva Maria Ferreira Glenk
dc.contributor.referee4.fl_str_mv Ulrike Agathe Schröder
dc.contributor.author.fl_str_mv Kathrin Stefanie Schweiger
contributor_str_mv Eliana Gabriela Fischer
Solange Aranha
Marilia Mendes Ferreira
Eva Maria Ferreira Glenk
Ulrike Agathe Schröder
description A presente pesquisa trata da descrição e da análise de estratégias retóricas que abrangem a distribuição e organização funcional e conteudística de segmentos textuais de introduções de dissertações de mestrado. Para o fim proposto, os textos de introduções foram extraídos de dissertações de mestrado do Institut für Deutsch als Fremdsprache/Transnationale Germanistik da LMU de Munique e da Área de Alemão da USP, Brasil, escritas nas línguas de cada país: alemão e português. O corpus é composto de 44 textos de introdução. Com base na perspectiva linguístico-contrastiva, as constatações da retórica contrastiva, juntamente com a análise de gênero de orientação sócio-retórica, formam os fundamentos teóricos desse trabalho. Com o intuito de determinar a distribuição e a organização dos segmentos textuais, foi empregado o modelo CARS de SWALES (1990, 2004), desenvolvido inicialmente para analisar a estrutura organizacional de introduções científicas do gênero artigo. A prioridade da presente pesquisa foi a de identificar e localizar as estratégias que o autor da dissertação de mestrado utiliza, para apresentar seu próprio trabalho (movimento 3 de Swales). Devido à grande variação da sequência de estratégias retóricas não foi possível determinar um modelo organizacional claro dos textos nas duas línguas. Contudo, a descrição dos dados tornou possível a constatação de estratégias principais e secundárias empregadas na apresentação dos próprios trabalhos. Incluem-se entre as estratégias principais: a) a denominação do estabelecimento de metas, b) indicações sobre o método de procedimento, assim como c) indicações sobre a estrutura textual. Adicionalmente, é importante para os autores dos textos em questão indicar o que o trabalho não é capaz de realizar, uma estratégia não existente no modelo de Swales e que, para as introduções das dissertações de mestrado consideradas, é essencial. Contextos diferentes da produção (como, por exemplo, posições com graus hierárquicos distintos) conduzem a uma valorização diferente nas metas comunicativas, fazendo com que, por exemplo, o movimento 3 tenha um papel mais importante nas introduções de dissertações do que em artigos científicos, nos quais a revelação de uma lacuna de pesquisa é muito importante. Além da identificação e da organização de estratégias retóricas, também foi considerada a sua realização linguística e gramatical no alemão e no português, assim como examinado o emprego dos pronomes pessoais que indicam as autorreferências. Assim, objetivou-se verificar em que papéis acadêmicos o autor aparece em seus textos. Os fundamentos teóricos empregados foram fornecidos por HYLAND (2002), STEINHOFF (2007) e SCHMIDT (2010). Como resultado é possível afirmar que a) os autores dos textos em português não seguem um mesmo modelo no que concerne ao emprego de pronomes pessoais, b) nos textos em alemão o autor quase não aparece, fazendo com que as referências de autor sem a presença do agente predominem, e c) nos textos em português e em alemão o autor aparece predominantemente na função de autor, isto é, quando, por exemplo, aparecem indicações sobre a organização textual. Os resultados deste trabalho têm como meta servir de subsídio para a produção de material didático que forneça aos futuros mestrandos recursos para a elaboração de textos de introdução nas duas línguas.
publishDate 2011
dc.date.issued.fl_str_mv 2011-05-30
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.8.2011.tde-05082011-154652
url https://doi.org/10.11606/T.8.2011.tde-05082011-154652
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Letras (Língua e Literatura Alemã)
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376581791350784