Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2019
Autor(a) principal: Lozano, Tatiani da Silva Palhota
Orientador(a): Não Informado pela instituição
Banca de defesa: Não Informado pela instituição
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Programa de Pós-Graduação: Não Informado pela instituição
Departamento: Não Informado pela instituição
País: Não Informado pela instituição
Palavras-chave em Português:
Link de acesso: http://hdl.handle.net/11449/191468
Resumo: O objetivo foi verificar a soroprevalência de anticorpos IgG contra T. gondii e identificar pela primeira vez os fatores associados ao risco de infecção em gestantes com acompanhamento pré-natal em Araçatuba. Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Araçatuba/SP, foram analisados 428 questionários no período de maio de 2018 a março de 2019, em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) deste município. O questionário epidemiológico foi aplicado por enfermeiras de cada unidade e continha perguntas relacionadas aos fatores associados ao risco de infecção. Em 236/428 (54,91%) foram detectados anticorpos da classe IgG e a análise multivariada verificou que a soroprevalência foi associada a gestantes maior de 36 anos, casadas, ensino médio incompleto e gestação anterior. Aquelas que relataram gestação anterior têm 1,99 vezes mais chance de ser sororeagente para toxoplasmose neste município. Pela primeira vez, foi caracterizado o perfil epidemiológico de gestantes atendidas com toxoplasmose em Unidades Básicas de Saúde deste município do Estado de São Paulo.
id UNSP_0d5f7c6ee88dc179631e2043f97abee9
oai_identifier_str oai:repositorio.unesp.br:11449/191468
network_acronym_str UNSP
network_name_str Repositório Institucional da UNESP
repository_id_str
spelling Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São PauloEpidemiological profile of toxoplasmosis in pregnant women attended at the Basic Units in the city of Araçatuba, São PauloEpidemiologiagestantesToxoplasma gondiiEpidemiologypregnant womanO objetivo foi verificar a soroprevalência de anticorpos IgG contra T. gondii e identificar pela primeira vez os fatores associados ao risco de infecção em gestantes com acompanhamento pré-natal em Araçatuba. Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Araçatuba/SP, foram analisados 428 questionários no período de maio de 2018 a março de 2019, em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) deste município. O questionário epidemiológico foi aplicado por enfermeiras de cada unidade e continha perguntas relacionadas aos fatores associados ao risco de infecção. Em 236/428 (54,91%) foram detectados anticorpos da classe IgG e a análise multivariada verificou que a soroprevalência foi associada a gestantes maior de 36 anos, casadas, ensino médio incompleto e gestação anterior. Aquelas que relataram gestação anterior têm 1,99 vezes mais chance de ser sororeagente para toxoplasmose neste município. Pela primeira vez, foi caracterizado o perfil epidemiológico de gestantes atendidas com toxoplasmose em Unidades Básicas de Saúde deste município do Estado de São Paulo.The objective was to verify the seroprevalence of IgG antibodies against T. gondii and to identify for the first time the factors associated with the risk of infection in pregnant women with prenatal care in Araçatuba. In partnership with the Municipal Health Secretariat of Araçatuba / SP, 428 questionnaires were analyzed from May 2018 to March 2019, in four Basic Health Units (BHU) of this municipality. The epidemiological questionnaire was administered by nurses from each unit and contained questions related to factors associated with risk of infection. In 236/428 (54.91%) IgG class antibodies were detected and the multivariate analysis found that seroprevalence was associated with pregnant women older than 36 years, married, incomplete high school and previous pregnancy. Those who reported previous pregnancy are 1.99 times more likely to be seropositive for toxoplasmosis in this municipality. For the first time, the epidemiological profile of pregnant women treated with toxoplasmosis in Basic Health Units of this municipality of the State of São Paulo was characterized.Universidade Estadual Paulista (Unesp)Bresciani, Katia Denise SaraivaBenitez, Aline do NascimentoUniversidade Estadual Paulista (Unesp)Lozano, Tatiani da Silva Palhota2020-01-28T19:55:42Z2020-01-28T19:55:42Z2019-12-18info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesisapplication/pdfhttp://hdl.handle.net/11449/19146800092861933004021075P8porinfo:eu-repo/semantics/openAccessreponame:Repositório Institucional da UNESPinstname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)instacron:UNESP2024-01-28T06:49:47Zoai:repositorio.unesp.br:11449/191468Repositório InstitucionalPUBhttp://repositorio.unesp.br/oai/requestopendoar:29462024-01-28T06:49:47Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)false
dc.title.none.fl_str_mv Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
Epidemiological profile of toxoplasmosis in pregnant women attended at the Basic Units in the city of Araçatuba, São Paulo
title Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
spellingShingle Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
Lozano, Tatiani da Silva Palhota
Epidemiologia
gestantes
Toxoplasma gondii
Epidemiology
pregnant woman
title_short Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
title_full Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
title_fullStr Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
title_full_unstemmed Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
title_sort Perfil epidemiológico da toxoplasmose nas gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde do município de Araçatuba, São Paulo
author Lozano, Tatiani da Silva Palhota
author_facet Lozano, Tatiani da Silva Palhota
author_role author
dc.contributor.none.fl_str_mv Bresciani, Katia Denise Saraiva
Benitez, Aline do Nascimento
Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.contributor.author.fl_str_mv Lozano, Tatiani da Silva Palhota
dc.subject.por.fl_str_mv Epidemiologia
gestantes
Toxoplasma gondii
Epidemiology
pregnant woman
topic Epidemiologia
gestantes
Toxoplasma gondii
Epidemiology
pregnant woman
description O objetivo foi verificar a soroprevalência de anticorpos IgG contra T. gondii e identificar pela primeira vez os fatores associados ao risco de infecção em gestantes com acompanhamento pré-natal em Araçatuba. Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Araçatuba/SP, foram analisados 428 questionários no período de maio de 2018 a março de 2019, em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) deste município. O questionário epidemiológico foi aplicado por enfermeiras de cada unidade e continha perguntas relacionadas aos fatores associados ao risco de infecção. Em 236/428 (54,91%) foram detectados anticorpos da classe IgG e a análise multivariada verificou que a soroprevalência foi associada a gestantes maior de 36 anos, casadas, ensino médio incompleto e gestação anterior. Aquelas que relataram gestação anterior têm 1,99 vezes mais chance de ser sororeagente para toxoplasmose neste município. Pela primeira vez, foi caracterizado o perfil epidemiológico de gestantes atendidas com toxoplasmose em Unidades Básicas de Saúde deste município do Estado de São Paulo.
publishDate 2019
dc.date.none.fl_str_mv 2019-12-18
2020-01-28T19:55:42Z
2020-01-28T19:55:42Z
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv http://hdl.handle.net/11449/191468
000928619
33004021075P8
url http://hdl.handle.net/11449/191468
identifier_str_mv 000928619
33004021075P8
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.format.none.fl_str_mv application/pdf
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
publisher.none.fl_str_mv Universidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Repositório Institucional da UNESP
instname:Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron:UNESP
instname_str Universidade Estadual Paulista (UNESP)
instacron_str UNESP
institution UNESP
reponame_str Repositório Institucional da UNESP
collection Repositório Institucional da UNESP
repository.name.fl_str_mv Repositório Institucional da UNESP - Universidade Estadual Paulista (UNESP)
repository.mail.fl_str_mv
_version_ 1800401572290625536