Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2012
Autor(a) principal: Carolina Paul Leitão
Orientador(a): Maria Luisa Sandoval Schmidt
Banca de defesa: Ianni Regia Scarcelli, Ricardo Rodrigues Teixeira
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/D.47.2012.tde-05092012-152139
Resumo: Esta dissertação teve como campo de análise a experiência do Apoio Matricial (AM) em contexto de organização social de saúde, realizada pela pesquisadora que exerceu função de psicóloga do NASF (NASF), na cidade de São Paulo. O AM é eixo central do NASF e corresponde a uma ferramenta de humanização da atenção e gestão em saúde e, como tal, apresenta como objetivo geral a concretização da democracia institucional no serviço de saúde. É uma pesquisa motivada pela vivência do AM e pelas contradições experimentadas ao longo do campo prático enquanto psicóloga. Buscou compreender como a privatização da saúde atravessa a ação dos trabalhadores na concretização do AM. Apresenta reflexões sobre o repasse da saúde pública para a gestão privada a partir do paradoxo entre a implantação de uma ferramenta de humanização da saúde pública em uma organização de direito privado, com suas políticas de contratação e de avaliação de profissionais que levam os modos de fazer saúde no sentido oposto ao da democracia institucional
id USP_42261b7e750986b6ce80716118dec6ea
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05092012-152139
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo 2012-06-26Maria Luisa Sandoval SchmidtIanni Regia ScarcelliRicardo Rodrigues TeixeiraCarolina Paul LeitãoUniversidade de São PauloPsicologia Escolar e do Desenvolvimento HumanoUSPBR Apoio Matricial Gestão da saúde Health Management Humanização da assistência Humanization of assistance Matrix Support Organização social Public Healthcare Saúde pública Social Organization Esta dissertação teve como campo de análise a experiência do Apoio Matricial (AM) em contexto de organização social de saúde, realizada pela pesquisadora que exerceu função de psicóloga do NASF (NASF), na cidade de São Paulo. O AM é eixo central do NASF e corresponde a uma ferramenta de humanização da atenção e gestão em saúde e, como tal, apresenta como objetivo geral a concretização da democracia institucional no serviço de saúde. É uma pesquisa motivada pela vivência do AM e pelas contradições experimentadas ao longo do campo prático enquanto psicóloga. Buscou compreender como a privatização da saúde atravessa a ação dos trabalhadores na concretização do AM. Apresenta reflexões sobre o repasse da saúde pública para a gestão privada a partir do paradoxo entre a implantação de uma ferramenta de humanização da saúde pública em uma organização de direito privado, com suas políticas de contratação e de avaliação de profissionais que levam os modos de fazer saúde no sentido oposto ao da democracia institucional The field of analyses of the following dissertation was the practical experience of using a mechanism called Matrix Support within a Social Healthcare Organization conducted by a psychologist-researcher within the Support Center for Family Health (NASF), in São Paulo - Brazil. The Matrix Support is the core of NASF activities and intends to be a tool of humanization of the care and health management and as such, has the general goal of achieving democracy in Institutional Healthcare Service. This research was motivated by my experience on applying the Matrix Support and its contradictions observed along the course as a practical psychologist. Sought to understand and explain how the privatization of the Healthcare Service has affected the action of healthcare professionals after the implementation of the matrix support. Furthermore, it presents my reflections about the transfer from a Public Healthcare System to Private Management System and the paradox of using a Public Health Humanization tool within a Private Organization that obviously has many different methods and policies such as hiring, evaluation mechanism and quantitative- individual goals https://doi.org/10.11606/D.47.2012.tde-05092012-152139info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:40Zoai:teses.usp.br:tde-05092012-152139Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:10:32Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
title Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
spellingShingle Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
Carolina Paul Leitão
title_short Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
title_full Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
title_fullStr Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
title_full_unstemmed Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
title_sort Experiência do apoio matricial inserido no modelo de gestão por organização social de saúde na cidade de São Paulo
author Carolina Paul Leitão
author_facet Carolina Paul Leitão
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Maria Luisa Sandoval Schmidt
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Ianni Regia Scarcelli
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Ricardo Rodrigues Teixeira
dc.contributor.author.fl_str_mv Carolina Paul Leitão
contributor_str_mv Maria Luisa Sandoval Schmidt
Ianni Regia Scarcelli
Ricardo Rodrigues Teixeira
description Esta dissertação teve como campo de análise a experiência do Apoio Matricial (AM) em contexto de organização social de saúde, realizada pela pesquisadora que exerceu função de psicóloga do NASF (NASF), na cidade de São Paulo. O AM é eixo central do NASF e corresponde a uma ferramenta de humanização da atenção e gestão em saúde e, como tal, apresenta como objetivo geral a concretização da democracia institucional no serviço de saúde. É uma pesquisa motivada pela vivência do AM e pelas contradições experimentadas ao longo do campo prático enquanto psicóloga. Buscou compreender como a privatização da saúde atravessa a ação dos trabalhadores na concretização do AM. Apresenta reflexões sobre o repasse da saúde pública para a gestão privada a partir do paradoxo entre a implantação de uma ferramenta de humanização da saúde pública em uma organização de direito privado, com suas políticas de contratação e de avaliação de profissionais que levam os modos de fazer saúde no sentido oposto ao da democracia institucional
publishDate 2012
dc.date.issued.fl_str_mv 2012-06-26
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/D.47.2012.tde-05092012-152139
url https://doi.org/10.11606/D.47.2012.tde-05092012-152139
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376584125480960