Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2019
Autor(a) principal: Davison Ramos de Almeida Junior
Orientador(a): Hugo Ricardo Zschommler Sandim
Banca de defesa: Paulo Rangel Rios, André Luiz Vasconcellos da Costa e Silva
Tipo de documento: Tese
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Engenharia de Materiais
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/T.97.2019.tde-05082021-164700
Resumo: O crescimento anormal de grão em fio de metais com estrutura ccc foi bastante estudado no início do século XX devido ao desenvolvimento da indústria de filamentos para lâmpadas incandescentes. A presente Tese de Doutorado estuda o crescimento anormal de grão num fio de ferro de pureza comercial. A revisão bibliográfica apresenta os aspectos físicos mais relevantes do fenômeno, bem como características para o caso de fios trefilados de metais com estrutura cúbica de corpo centrado. A análise experimental baseia-se nos resultados obtidos por microscopia ótica, eletrônica de varredura, eletrônica de transmissão, difração de elétrons retroespalhados e tomografia de sonda atômica. Os resultados do material na condição \"como recebido\" mostram a existência de heterogeneidades microestruturais importantes ao longo da direção radial do fio no estado deformado e que explicam as características heterogêneas na recristalização primária e no crescimento de grão. A recristalização primária resulta em heterogeneidades de tamanho de grão. O posterior recozimento em 850°C mostra um ligeiro crescimento normal de grão para tempos de recozimento inferiores a 4 h que ocorre de forma mais intensa na região central do fio. Os grãos anormais das amostras recozidas por mais de 4 h aparecem no centro e possuem orientação preferencial da fibra // WD (onde WD é a direção de trefilação). A distribuição dos precipitados é heterogênea devido à interação entre amostra e atmosfera, o que garante baixa mobilidade para os contornos próximos à superfície livre mesmo após prolongado recozimento. Os resultados mostram que a ocorrência de crescimento normal é um fator necessário para o surgimento de grãos anormais. Esta interpretação possui fundamentos topológicos e apresenta maior aderência aos resultados experimentais do que outros modelos teóricos reportados na literatura.
id USP_725b8490f7a07c60701847a7e0eeb5da
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-05082021-164700
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/doctoralThesis Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro Abnormal grain growth in thin wires of commercially-pure iron 2019-03-20Hugo Ricardo Zschommler SandimPaulo Rangel RiosAndré Luiz Vasconcellos da Costa e SilvaDavison Ramos de Almeida JuniorUniversidade de São PauloEngenharia de MateriaisUSPBR Abnormal Grain Growth Cold drawing Commercially-pure iron Crescimento anormal de grão EBSD EBSD Ferro de pureza comercial Fios Trefilação a frio Wires O crescimento anormal de grão em fio de metais com estrutura ccc foi bastante estudado no início do século XX devido ao desenvolvimento da indústria de filamentos para lâmpadas incandescentes. A presente Tese de Doutorado estuda o crescimento anormal de grão num fio de ferro de pureza comercial. A revisão bibliográfica apresenta os aspectos físicos mais relevantes do fenômeno, bem como características para o caso de fios trefilados de metais com estrutura cúbica de corpo centrado. A análise experimental baseia-se nos resultados obtidos por microscopia ótica, eletrônica de varredura, eletrônica de transmissão, difração de elétrons retroespalhados e tomografia de sonda atômica. Os resultados do material na condição \"como recebido\" mostram a existência de heterogeneidades microestruturais importantes ao longo da direção radial do fio no estado deformado e que explicam as características heterogêneas na recristalização primária e no crescimento de grão. A recristalização primária resulta em heterogeneidades de tamanho de grão. O posterior recozimento em 850°C mostra um ligeiro crescimento normal de grão para tempos de recozimento inferiores a 4 h que ocorre de forma mais intensa na região central do fio. Os grãos anormais das amostras recozidas por mais de 4 h aparecem no centro e possuem orientação preferencial da fibra // WD (onde WD é a direção de trefilação). A distribuição dos precipitados é heterogênea devido à interação entre amostra e atmosfera, o que garante baixa mobilidade para os contornos próximos à superfície livre mesmo após prolongado recozimento. Os resultados mostram que a ocorrência de crescimento normal é um fator necessário para o surgimento de grãos anormais. Esta interpretação possui fundamentos topológicos e apresenta maior aderência aos resultados experimentais do que outros modelos teóricos reportados na literatura. Abnormal grain growth in wires of bcc metals has been studied extensively since the beginning of the XXth Century due to the development of tungsten filaments for bulb lamps. The present thesis aims to study the abnormal grain growth in commercially-pure iron wires. The revision of literature presents the physical aspects most relevant for the phenomenon, as well as the main features occurring in wires of bcc metals during their annealing. The experimental analysis was performed by using light optical microscopy, scanning and transmission electron microscopy, electron backscatter diffraction and atom probe tomography. The results of the sample in the as-received condition show the occurrence of inhomogeneities of the deformation microstructure along the radial direction, which explains the inhomogeneous features noticed in primary recrystallization as well as in grain growth. The recrystallized samples show an inhomogeneous grain size distribution along the radial direction. Isothermal annealing at 850°C shows the occurrence of moderate normal grain growth up to 4 h. For longer times, abnormal grain growth is noticed. Normal grain growth is more effective at the center. Abnormal grains appear at the center and present preferential orientation // WD, where WD is the wiredrawing direction. The particle size distribution is heterogeneously distributed along the radial direction and it is strongly dependent on the interaction between the wire and the annealing atmosphere. This feature is effective to hinder the boundary movement close to the surface. Prior normal grain growth is a key factor to trigger abnormal grain growth. This interpretation is based on topological features and presents better adherence to experimental results when compared with other theoretical models reported in the literature. https://doi.org/10.11606/T.97.2019.tde-05082021-164700info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:16:29Zoai:teses.usp.br:tde-05082021-164700Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212021-08-05T19:48:02Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Abnormal grain growth in thin wires of commercially-pure iron
title Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
spellingShingle Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
Davison Ramos de Almeida Junior
title_short Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
title_full Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
title_fullStr Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
title_full_unstemmed Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
title_sort Crescimento anormal de grão em fios finos de ferro comercialmente puro
author Davison Ramos de Almeida Junior
author_facet Davison Ramos de Almeida Junior
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Hugo Ricardo Zschommler Sandim
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Paulo Rangel Rios
dc.contributor.referee2.fl_str_mv André Luiz Vasconcellos da Costa e Silva
dc.contributor.author.fl_str_mv Davison Ramos de Almeida Junior
contributor_str_mv Hugo Ricardo Zschommler Sandim
Paulo Rangel Rios
André Luiz Vasconcellos da Costa e Silva
description O crescimento anormal de grão em fio de metais com estrutura ccc foi bastante estudado no início do século XX devido ao desenvolvimento da indústria de filamentos para lâmpadas incandescentes. A presente Tese de Doutorado estuda o crescimento anormal de grão num fio de ferro de pureza comercial. A revisão bibliográfica apresenta os aspectos físicos mais relevantes do fenômeno, bem como características para o caso de fios trefilados de metais com estrutura cúbica de corpo centrado. A análise experimental baseia-se nos resultados obtidos por microscopia ótica, eletrônica de varredura, eletrônica de transmissão, difração de elétrons retroespalhados e tomografia de sonda atômica. Os resultados do material na condição \"como recebido\" mostram a existência de heterogeneidades microestruturais importantes ao longo da direção radial do fio no estado deformado e que explicam as características heterogêneas na recristalização primária e no crescimento de grão. A recristalização primária resulta em heterogeneidades de tamanho de grão. O posterior recozimento em 850°C mostra um ligeiro crescimento normal de grão para tempos de recozimento inferiores a 4 h que ocorre de forma mais intensa na região central do fio. Os grãos anormais das amostras recozidas por mais de 4 h aparecem no centro e possuem orientação preferencial da fibra // WD (onde WD é a direção de trefilação). A distribuição dos precipitados é heterogênea devido à interação entre amostra e atmosfera, o que garante baixa mobilidade para os contornos próximos à superfície livre mesmo após prolongado recozimento. Os resultados mostram que a ocorrência de crescimento normal é um fator necessário para o surgimento de grãos anormais. Esta interpretação possui fundamentos topológicos e apresenta maior aderência aos resultados experimentais do que outros modelos teóricos reportados na literatura.
publishDate 2019
dc.date.issued.fl_str_mv 2019-03-20
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/doctoralThesis
format doctoralThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/T.97.2019.tde-05082021-164700
url https://doi.org/10.11606/T.97.2019.tde-05082021-164700
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Engenharia de Materiais
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376583301300224