AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2021
Autor(a) principal: Felipe Silva Dias
Orientador(a): Renata Pontin de Mattos Fortes
Banca de defesa: Anarosa Alves Franco Brandão, Marcelo Medeiros Eler, Luciana Aparecida Martinez Zaina
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Ciências da Computação e Matemática Computacional
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/D.55.2021.tde-17082021-135910
Resumo: A utilização de dispositivos móveis vem crescendo de forma a se tornar parte integrante da rotina de milhares de pessoas. Muitos aplicativos móveis têm sido desenvolvidos visando facilitar o desempenho dos usuários nas mais diversas tarefas cotidianas. No entanto, se esses aplicativos não fornecerem acessibilidade adequada, pessoas com deficiência podem encontrar dificuldades ao interagirem com eles, ficando até mesmo impossibilitadas de acessá-los. No Brasil, aproximadamente 25% da população declara possuir algum tipo de deficiência. Embora as abordagens tradicionais para desenvolvimento de aplicativos móveis indiquem que aplicativos nativos alcançam desempenhos computacionais mais altos, por outro lado, apresentam altos custos de desenvolvimento, manutenibilidade difícil e menos recursos de acessibilidade para os componentes da interface. Os aplicativos móveis, portanto, requerem ainda atenção quanto à acessibilidade. A acessibilidade é indispensável para que todas as pessoas (incluindo-se as com deficiência) consigam interagir com os mecanismos disponíveis nos dispositivos móveis. Entendemos que o desenvolvimento orientado a modelos (MDD) e o desenvolvimento móvel cross-platform, juntos, podem oferecer benefícios para solucionar a lacuna e beneficiar o desenvolvimento de aplicativos móveis mais acessíveis. Nosso objetivo foi criar uma solução orientada a modelos cross-platform, para apoiar a geração de aplicativos móveis acessíveis. Portanto, neste projeto, investigamos as abordagens de MDD para desenvolvimento móvel, bem como a inclusão de recomendações para acessibilidade nos componentes da interface. Assim, foi desenvolvida uma abordagem, AccessMDD, visando estimular a conscientização dos desenvolvedores quanto às recomendações de acessibilidade. O foco da solução desenvolvida foi em usuários cegos para direcionar o desenvolvimento de uma abordagem eficiente para a inclusão de requisitos de acessibilidade na geração dos componentes de interfaces de aplicativos móveis acessíveis.
id USP_fb02aee8a3b306799eaecad61778d370
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-17082021-135910
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis AccessMDD: an MDD approach for generating accessible mobile applications 2021-06-23Renata Pontin de Mattos FortesAnarosa Alves Franco BrandãoMarcelo Medeiros ElerLuciana Aparecida Martinez ZainaFelipe Silva DiasUniversidade de São PauloCiências da Computação e Matemática ComputacionalUSPBR Accessibility Acessibilidade Crros-platform mobile development Desenvolvimento móvel cross-platform Desenvolvimento orientado a modelos MD2 MD2 Model driven development A utilização de dispositivos móveis vem crescendo de forma a se tornar parte integrante da rotina de milhares de pessoas. Muitos aplicativos móveis têm sido desenvolvidos visando facilitar o desempenho dos usuários nas mais diversas tarefas cotidianas. No entanto, se esses aplicativos não fornecerem acessibilidade adequada, pessoas com deficiência podem encontrar dificuldades ao interagirem com eles, ficando até mesmo impossibilitadas de acessá-los. No Brasil, aproximadamente 25% da população declara possuir algum tipo de deficiência. Embora as abordagens tradicionais para desenvolvimento de aplicativos móveis indiquem que aplicativos nativos alcançam desempenhos computacionais mais altos, por outro lado, apresentam altos custos de desenvolvimento, manutenibilidade difícil e menos recursos de acessibilidade para os componentes da interface. Os aplicativos móveis, portanto, requerem ainda atenção quanto à acessibilidade. A acessibilidade é indispensável para que todas as pessoas (incluindo-se as com deficiência) consigam interagir com os mecanismos disponíveis nos dispositivos móveis. Entendemos que o desenvolvimento orientado a modelos (MDD) e o desenvolvimento móvel cross-platform, juntos, podem oferecer benefícios para solucionar a lacuna e beneficiar o desenvolvimento de aplicativos móveis mais acessíveis. Nosso objetivo foi criar uma solução orientada a modelos cross-platform, para apoiar a geração de aplicativos móveis acessíveis. Portanto, neste projeto, investigamos as abordagens de MDD para desenvolvimento móvel, bem como a inclusão de recomendações para acessibilidade nos componentes da interface. Assim, foi desenvolvida uma abordagem, AccessMDD, visando estimular a conscientização dos desenvolvedores quanto às recomendações de acessibilidade. O foco da solução desenvolvida foi em usuários cegos para direcionar o desenvolvimento de uma abordagem eficiente para a inclusão de requisitos de acessibilidade na geração dos componentes de interfaces de aplicativos móveis acessíveis. Mobile devices have become popular, and their use for daily activities has been spread around the world. A variety of mobile applications are provided, aiming at the diversity of peoples daily needs, such as transportation and commerce. Meanwhile, mobile accessibility is a worldwide concern. Accessibility is a requirement for any user to interact with software. For example, about 25% of the Brazilian population declares themselves as having some type of disability. Although traditional mobile software development approaches indicate that native development achieves higher computing performances, this implies high development costs, difficult manutenability, and a low level of accessibility for the interface components. Mobile applications still lack accessibility, and people with disabilities may find barriers when interacting with such applications. We understand that model-driven development (MDD) and cross-platform mobile development, together, may offer benefits to solve the gap and benefit the development of more accessible mobile applications. Our goal is to create an MDD solution that generates accessible mobile applications. Therefore, in this project, we investigate the main MDD approaches for mobile development. Meanwhile, we consider including technical requirements for accessibility in interface components. At this project, we place our focus on blind users to direct the development of our solution. Therefore, in this work, we investigate MDD approaches for mobile development, as well as the inclusion of recommendations for accessibility in the user interface components. Thus, an approach, AccessMDD, was developed to stimulate developers awareness of accessibility recommendations. The developed solutions focus was blind users to direct the development of an efficient approach to include accessibility requirements and generate accessible user interfaces for mobile apps. https://doi.org/10.11606/D.55.2021.tde-17082021-135910info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T19:13:43Zoai:teses.usp.br:tde-17082021-135910Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212021-08-17T17:05:02Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
dc.title.alternative.en.fl_str_mv AccessMDD: an MDD approach for generating accessible mobile applications
title AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
spellingShingle AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
Felipe Silva Dias
title_short AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
title_full AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
title_fullStr AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
title_full_unstemmed AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
title_sort AccessMDD: uma abordagem MDD para geração de aplicativos móveis acessíveis
author Felipe Silva Dias
author_facet Felipe Silva Dias
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Renata Pontin de Mattos Fortes
dc.contributor.referee1.fl_str_mv Anarosa Alves Franco Brandão
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Marcelo Medeiros Eler
dc.contributor.referee3.fl_str_mv Luciana Aparecida Martinez Zaina
dc.contributor.author.fl_str_mv Felipe Silva Dias
contributor_str_mv Renata Pontin de Mattos Fortes
Anarosa Alves Franco Brandão
Marcelo Medeiros Eler
Luciana Aparecida Martinez Zaina
description A utilização de dispositivos móveis vem crescendo de forma a se tornar parte integrante da rotina de milhares de pessoas. Muitos aplicativos móveis têm sido desenvolvidos visando facilitar o desempenho dos usuários nas mais diversas tarefas cotidianas. No entanto, se esses aplicativos não fornecerem acessibilidade adequada, pessoas com deficiência podem encontrar dificuldades ao interagirem com eles, ficando até mesmo impossibilitadas de acessá-los. No Brasil, aproximadamente 25% da população declara possuir algum tipo de deficiência. Embora as abordagens tradicionais para desenvolvimento de aplicativos móveis indiquem que aplicativos nativos alcançam desempenhos computacionais mais altos, por outro lado, apresentam altos custos de desenvolvimento, manutenibilidade difícil e menos recursos de acessibilidade para os componentes da interface. Os aplicativos móveis, portanto, requerem ainda atenção quanto à acessibilidade. A acessibilidade é indispensável para que todas as pessoas (incluindo-se as com deficiência) consigam interagir com os mecanismos disponíveis nos dispositivos móveis. Entendemos que o desenvolvimento orientado a modelos (MDD) e o desenvolvimento móvel cross-platform, juntos, podem oferecer benefícios para solucionar a lacuna e beneficiar o desenvolvimento de aplicativos móveis mais acessíveis. Nosso objetivo foi criar uma solução orientada a modelos cross-platform, para apoiar a geração de aplicativos móveis acessíveis. Portanto, neste projeto, investigamos as abordagens de MDD para desenvolvimento móvel, bem como a inclusão de recomendações para acessibilidade nos componentes da interface. Assim, foi desenvolvida uma abordagem, AccessMDD, visando estimular a conscientização dos desenvolvedores quanto às recomendações de acessibilidade. O foco da solução desenvolvida foi em usuários cegos para direcionar o desenvolvimento de uma abordagem eficiente para a inclusão de requisitos de acessibilidade na geração dos componentes de interfaces de aplicativos móveis acessíveis.
publishDate 2021
dc.date.issued.fl_str_mv 2021-06-23
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/D.55.2021.tde-17082021-135910
url https://doi.org/10.11606/D.55.2021.tde-17082021-135910
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Ciências da Computação e Matemática Computacional
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376903435747328