Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo

Detalhes bibliográficos
Ano de defesa: 2014
Autor(a) principal: Caio Abujadi
Orientador(a): Marco Antonio Marcolin
Banca de defesa: César de Moraes, Paulo Clemente Sallet
Tipo de documento: Dissertação
Tipo de acesso: Acesso aberto
Idioma: por
Instituição de defesa: Universidade de São Paulo
Programa de Pós-Graduação: Psiquiatria
Departamento: Não Informado pela instituição
País: BR
Link de acesso: https://doi.org/10.11606/D.5.2014.tde-01042014-085145
Resumo: INTRODUÇÃO: O Transtorno do Espectro Autista tem incidência precoce e causas genéticas e ambientais multifatoriais. Gera disfunção no desenvolvimento da linguagem e da sociabilidade e um padrão de comportamento restrito e repetitivo. A formação e o desenvolvimento do sistema nervoso são afetados provocando impacto na arquitetura tecidual, desequilíbrio funcional entre os sistemas excitatórios e inibitórios, além de problemas na conectividade e consistência das redes neurais. O tratamento baseia-se em estimulação multiprofissional precoce e no uso de medicamentos que interferem na sintomatologia impactante do cotidiano. Os comportamentos restritos e repetitivos marcam o perfil funcional do paciente com Transtorno do Espectro Autista e podem interferir diretamente no desenvolvimento da linguagem e na sociabilidade. A mudança do espectro comportamental em razão do amadurecimento cognitivo não impede o desequilíbrio funcional nas atividades da vida diária. Existem indícios de que a função da flexibilidade cognitiva somada à capacidade para gerar novos conceitos e à velocidade de processamento das informações estão afetadas nesses pacientes e podem representar a base fisiopatológica dos Comportamentos Restritos e Repetitivos e suas repercussões no desenvolvimento desses indivíduos. O presente estudo visa avaliar os efeitos da facilitação da transmissão dos impulsos nervosos na função da flexibilidade cognitiva e no comportamento restrito e repetitivo dos pacientes com o diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista de alto funcionamento através da Estimulação Magnética Transcraniana de pulsos pareados no Córtex Pré Frontal Ventro Lateral (CPFVL) direito em sua porção antero inferior. MÉTODOS: Trata-se de um estudo experimental com procedimento sistematizado e intervencional realizado com 11 pacientes de 9 a 17 anos, pareados por um perfil cognitivo dentro dos limites da normalidade, que foram submetidos ao protocolo de estimulação com a técnica de \"Theta Burst\" em CPFVL antero inferior à direita em 15 sessões divididas em três semanas. Os pacientes foram testados antes e depois do procedimento. A avaliação da flexibilidade cognitiva, da capacidade de formação de novos conceitos e do tempo cognitivo foram realizada através dos testes Wisconsin Sort Card Test (WSCT) e STROOP, aplicados aos pacientes. Os Comportamentos Restritos e Repetitivos foram avaliados pelos instrumentos Repetitive Behavior Scale - Revised (RBS-r) e Escala de Pensamentos Obsessivos e Comportamentos Compulsivos de Yale Brown (YBOCS) por meio de questionários aplicados aos pais e cuidadores desses pacientes. RESULTADOS: Encontraram-se evidências de mudanças no padrão de inflexibilidade cognitiva, representada pelo WSCT, nos itens Erros Perserverativos (p=0,028) e na Formação de Nível Conceitual (p=0,022). A alteração demonstrada pela Formação de Nível Conceitual pelo WSCT e pelo Total de Tempo para realizar o STROOP test (p=0,001) representam mudança na velocidade de processamento de informações. Constatou-se melhora do Comportamento Restrito e Repetitivo tanto pelo RBS-r (p=0,002) quanto no YBOCS Total de Compulsões (p=0,02). Todas as classes mostraram mudanças significativas: Ordem Inferior (p=0,05), Ordem superior (p=0,028) e Insistência na Mesmice (p=0,014). Houve correlação entre as curvas que representam as mudanças ocorridas no RBS-r e na flexibilidade cognitiva, representada pelo item Respostas Perseverativas (r=0,049). Por se tratar de um piloto, o presente estudo permite o aprofundamento das pesquisas que relacionam esta forma de intervenção descrita ao tratamento do Comportamento Restrito e Repetitivo em pacientes com Transtorno do Espectro Autista
id USP_568e15fb3201a8beba3e178207ef5cdb
oai_identifier_str oai:teses.usp.br:tde-01042014-085145
network_acronym_str USP
network_name_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository_id_str
spelling info:eu-repo/semantics/publishedVersioninfo:eu-repo/semantics/masterThesis Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo Transcranial magnetic stimulation on autistic individuals 2014-01-20Marco Antonio MarcolinCésar de MoraesPaulo Clemente SalletCaio AbujadiUniversidade de São PauloPsiquiatriaUSPBR Autism spectrum disorder Comportamento restrito e repetitivo Estimulação magnética transcraniana Restrited and repetitive behavior Theta burst Theta Burst Transcranial magnetic stimulaction Transtorno autístico/tratamento INTRODUÇÃO: O Transtorno do Espectro Autista tem incidência precoce e causas genéticas e ambientais multifatoriais. Gera disfunção no desenvolvimento da linguagem e da sociabilidade e um padrão de comportamento restrito e repetitivo. A formação e o desenvolvimento do sistema nervoso são afetados provocando impacto na arquitetura tecidual, desequilíbrio funcional entre os sistemas excitatórios e inibitórios, além de problemas na conectividade e consistência das redes neurais. O tratamento baseia-se em estimulação multiprofissional precoce e no uso de medicamentos que interferem na sintomatologia impactante do cotidiano. Os comportamentos restritos e repetitivos marcam o perfil funcional do paciente com Transtorno do Espectro Autista e podem interferir diretamente no desenvolvimento da linguagem e na sociabilidade. A mudança do espectro comportamental em razão do amadurecimento cognitivo não impede o desequilíbrio funcional nas atividades da vida diária. Existem indícios de que a função da flexibilidade cognitiva somada à capacidade para gerar novos conceitos e à velocidade de processamento das informações estão afetadas nesses pacientes e podem representar a base fisiopatológica dos Comportamentos Restritos e Repetitivos e suas repercussões no desenvolvimento desses indivíduos. O presente estudo visa avaliar os efeitos da facilitação da transmissão dos impulsos nervosos na função da flexibilidade cognitiva e no comportamento restrito e repetitivo dos pacientes com o diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista de alto funcionamento através da Estimulação Magnética Transcraniana de pulsos pareados no Córtex Pré Frontal Ventro Lateral (CPFVL) direito em sua porção antero inferior. MÉTODOS: Trata-se de um estudo experimental com procedimento sistematizado e intervencional realizado com 11 pacientes de 9 a 17 anos, pareados por um perfil cognitivo dentro dos limites da normalidade, que foram submetidos ao protocolo de estimulação com a técnica de \"Theta Burst\" em CPFVL antero inferior à direita em 15 sessões divididas em três semanas. Os pacientes foram testados antes e depois do procedimento. A avaliação da flexibilidade cognitiva, da capacidade de formação de novos conceitos e do tempo cognitivo foram realizada através dos testes Wisconsin Sort Card Test (WSCT) e STROOP, aplicados aos pacientes. Os Comportamentos Restritos e Repetitivos foram avaliados pelos instrumentos Repetitive Behavior Scale - Revised (RBS-r) e Escala de Pensamentos Obsessivos e Comportamentos Compulsivos de Yale Brown (YBOCS) por meio de questionários aplicados aos pais e cuidadores desses pacientes. RESULTADOS: Encontraram-se evidências de mudanças no padrão de inflexibilidade cognitiva, representada pelo WSCT, nos itens Erros Perserverativos (p=0,028) e na Formação de Nível Conceitual (p=0,022). A alteração demonstrada pela Formação de Nível Conceitual pelo WSCT e pelo Total de Tempo para realizar o STROOP test (p=0,001) representam mudança na velocidade de processamento de informações. Constatou-se melhora do Comportamento Restrito e Repetitivo tanto pelo RBS-r (p=0,002) quanto no YBOCS Total de Compulsões (p=0,02). Todas as classes mostraram mudanças significativas: Ordem Inferior (p=0,05), Ordem superior (p=0,028) e Insistência na Mesmice (p=0,014). Houve correlação entre as curvas que representam as mudanças ocorridas no RBS-r e na flexibilidade cognitiva, representada pelo item Respostas Perseverativas (r=0,049). Por se tratar de um piloto, o presente estudo permite o aprofundamento das pesquisas que relacionam esta forma de intervenção descrita ao tratamento do Comportamento Restrito e Repetitivo em pacientes com Transtorno do Espectro Autista INTRODUTION: The Autism Spectrum Disorder has an early incidence. It has genetic and environment multifactorial causes. Patients present language and social development disability and restricted and repetitive behavior. The maturation and development of the nervous system are damaged. Hence there is a disruption on the tissue architecture, functional imbalance between excitatory and inhibitory systems and connectivity and consistency of neural networks issues. The treatment is grounded on premature multiprofessional stimulation to improve cognition and the medication for mood instability, sleep problems, anxiety, hyperactivity and attention problems. The Restricted and Repetitive Behavior marks the functional profile of the Autism Spectrum Disorder and can hinder the communication and sociability development. The behavior changes with the cognitive maturation but does not prevent from the functional imbalance in daily activities. Evidence revel that the cognitive inflexibility added to the impairment to form new concepts and cognitive tempo can reflect the pathophysiology of these behaviors and its impact on development. The current study aims to valuate changes on cognitive flexibility and restricted and repetitive behavior after the facilitation of impulses through paired pulse Trascranial Magnetic Stimulation (EMT) on right anterior inferior Ventro Lateral Pre Frontal Cortex (VLPFC) in high function Autism Spectrum Disorder individuals. METHODS: It is an experimental study with systemic interventional procedure. Eleven subjects with nine to seventeen years old paired by normal cognitive profile were submitted to the protocol of Theta Burst stimulation on right anterior inferior VLPFC with fifteen sessions divided into three weeks. Subjects were tested before and after the procedure. They were tested for cognitive inflexibility, the ability to form new concepts and the cognitive tempo by the Wisconsin Sort Card (WSCT) test and STROOP test. The restricted and repetitive behaviors were evaluated by Restricted and Repetitive Behavior Scale revised (RBS-r) and Yale Brown Obsessive and Compulsive Scale applied for parents. RESULTS: Evidence of changes on cognitive inflexibility pattern were found items Perseverative Errors (p=0,028) and Conceptual level Response (p=0,022) of the WSCT test. Information processing speed changes were established by the Conceptual level Response of the WSCT and the Total Time to Finish the STROOP test (p=0,001). Improvement on restricted and repetitive behavior were found by changes on total score of RBS-r (p=0,002) and by YBOCS Total of Compulsions (p=0,02). There were changes on all aspects of the repetitive behaviors: Low-Order behavior (p=0,05), High-Order behavior (p=0,028) and Sameness behavior (0,014). Correlation were found between changing curves of cognitive inflexibility represented by Perseverative Response and total score of RBS-r (r=0,049). Since this is a pilot study, our data allows us to suggest that EMT-pp can be efficient for treating restricted and repetitive behavior on Autism Spectrum Disorder. Further controlled studies will be conducted to confirm this hypothesis https://doi.org/10.11606/D.5.2014.tde-01042014-085145info:eu-repo/semantics/openAccessporreponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USPinstname:Universidade de São Paulo (USP)instacron:USP2023-12-21T18:02:07Zoai:teses.usp.br:tde-01042014-085145Biblioteca Digital de Teses e Dissertaçõeshttp://www.teses.usp.br/PUBhttp://www.teses.usp.br/cgi-bin/mtd2br.plvirginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.bropendoar:27212016-07-28T16:11:47Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)false
dc.title.pt.fl_str_mv Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
dc.title.alternative.en.fl_str_mv Transcranial magnetic stimulation on autistic individuals
title Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
spellingShingle Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
Caio Abujadi
title_short Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
title_full Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
title_fullStr Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
title_full_unstemmed Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
title_sort Estimulação magnética transcraniana em indivíduos com autismo
author Caio Abujadi
author_facet Caio Abujadi
author_role author
dc.contributor.advisor1.fl_str_mv Marco Antonio Marcolin
dc.contributor.referee1.fl_str_mv César de Moraes
dc.contributor.referee2.fl_str_mv Paulo Clemente Sallet
dc.contributor.author.fl_str_mv Caio Abujadi
contributor_str_mv Marco Antonio Marcolin
César de Moraes
Paulo Clemente Sallet
description INTRODUÇÃO: O Transtorno do Espectro Autista tem incidência precoce e causas genéticas e ambientais multifatoriais. Gera disfunção no desenvolvimento da linguagem e da sociabilidade e um padrão de comportamento restrito e repetitivo. A formação e o desenvolvimento do sistema nervoso são afetados provocando impacto na arquitetura tecidual, desequilíbrio funcional entre os sistemas excitatórios e inibitórios, além de problemas na conectividade e consistência das redes neurais. O tratamento baseia-se em estimulação multiprofissional precoce e no uso de medicamentos que interferem na sintomatologia impactante do cotidiano. Os comportamentos restritos e repetitivos marcam o perfil funcional do paciente com Transtorno do Espectro Autista e podem interferir diretamente no desenvolvimento da linguagem e na sociabilidade. A mudança do espectro comportamental em razão do amadurecimento cognitivo não impede o desequilíbrio funcional nas atividades da vida diária. Existem indícios de que a função da flexibilidade cognitiva somada à capacidade para gerar novos conceitos e à velocidade de processamento das informações estão afetadas nesses pacientes e podem representar a base fisiopatológica dos Comportamentos Restritos e Repetitivos e suas repercussões no desenvolvimento desses indivíduos. O presente estudo visa avaliar os efeitos da facilitação da transmissão dos impulsos nervosos na função da flexibilidade cognitiva e no comportamento restrito e repetitivo dos pacientes com o diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista de alto funcionamento através da Estimulação Magnética Transcraniana de pulsos pareados no Córtex Pré Frontal Ventro Lateral (CPFVL) direito em sua porção antero inferior. MÉTODOS: Trata-se de um estudo experimental com procedimento sistematizado e intervencional realizado com 11 pacientes de 9 a 17 anos, pareados por um perfil cognitivo dentro dos limites da normalidade, que foram submetidos ao protocolo de estimulação com a técnica de \"Theta Burst\" em CPFVL antero inferior à direita em 15 sessões divididas em três semanas. Os pacientes foram testados antes e depois do procedimento. A avaliação da flexibilidade cognitiva, da capacidade de formação de novos conceitos e do tempo cognitivo foram realizada através dos testes Wisconsin Sort Card Test (WSCT) e STROOP, aplicados aos pacientes. Os Comportamentos Restritos e Repetitivos foram avaliados pelos instrumentos Repetitive Behavior Scale - Revised (RBS-r) e Escala de Pensamentos Obsessivos e Comportamentos Compulsivos de Yale Brown (YBOCS) por meio de questionários aplicados aos pais e cuidadores desses pacientes. RESULTADOS: Encontraram-se evidências de mudanças no padrão de inflexibilidade cognitiva, representada pelo WSCT, nos itens Erros Perserverativos (p=0,028) e na Formação de Nível Conceitual (p=0,022). A alteração demonstrada pela Formação de Nível Conceitual pelo WSCT e pelo Total de Tempo para realizar o STROOP test (p=0,001) representam mudança na velocidade de processamento de informações. Constatou-se melhora do Comportamento Restrito e Repetitivo tanto pelo RBS-r (p=0,002) quanto no YBOCS Total de Compulsões (p=0,02). Todas as classes mostraram mudanças significativas: Ordem Inferior (p=0,05), Ordem superior (p=0,028) e Insistência na Mesmice (p=0,014). Houve correlação entre as curvas que representam as mudanças ocorridas no RBS-r e na flexibilidade cognitiva, representada pelo item Respostas Perseverativas (r=0,049). Por se tratar de um piloto, o presente estudo permite o aprofundamento das pesquisas que relacionam esta forma de intervenção descrita ao tratamento do Comportamento Restrito e Repetitivo em pacientes com Transtorno do Espectro Autista
publishDate 2014
dc.date.issued.fl_str_mv 2014-01-20
dc.type.status.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/masterThesis
format masterThesis
status_str publishedVersion
dc.identifier.uri.fl_str_mv https://doi.org/10.11606/D.5.2014.tde-01042014-085145
url https://doi.org/10.11606/D.5.2014.tde-01042014-085145
dc.language.iso.fl_str_mv por
language por
dc.rights.driver.fl_str_mv info:eu-repo/semantics/openAccess
eu_rights_str_mv openAccess
dc.publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.publisher.program.fl_str_mv Psiquiatria
dc.publisher.initials.fl_str_mv USP
dc.publisher.country.fl_str_mv BR
publisher.none.fl_str_mv Universidade de São Paulo
dc.source.none.fl_str_mv reponame:Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
instname:Universidade de São Paulo (USP)
instacron:USP
instname_str Universidade de São Paulo (USP)
instacron_str USP
institution USP
reponame_str Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
collection Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
repository.name.fl_str_mv Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP - Universidade de São Paulo (USP)
repository.mail.fl_str_mv virginia@if.usp.br|| atendimento@aguia.usp.br||virginia@if.usp.br
_version_ 1786376469700673536